Sem filtro e sem maquiagem: hashtag incentiva a compartilhar fotos com acne no Instagram

Kendall Jenner não escondeu acne durante a premiação do Globo de Ouro. Foto: AFP, reprodução

Rostos sem qualquer maquiagem ou filtro para melhorar a aparência da pele já se tornaram corriqueiros nas redes sociais como uma forma de celebrar a beleza natural das mulheres. Agora, uma nova hashtag, #skinpositivity, propõe um passo além, incentivando a aceitação de uma marca que, em algum momento, quase todos exibem na face, a acne.

Fotos de mulheres com espinhas e pontos vermelhos no rosto vêm sendo cada vez mais publicadas no Instagram, a rede social para a qual se costuma escolher aas selfies com os melhores ângulos e filtros. A #skinpositivity ainda não se tornou viral – atualmente, há pouco mais de 600 postagens –, mas já começa a chamar a atenção por incentivar a aceitação da própria pele e mostrar que ter espinhas não é motivo para se sentir menos confiante ou bonita.

Uma das impulsionadoras da hashtag #skinpositivity é a Ford Models, que em 2015 publicou o vídeo You Look Disgusting, um tutorial de automaquiagem que se tornou viral ao expor comentários reais e desagradáveis recebidos por uma jovem com acne e sem maquiagem.

Recentemente, a modelo Kendall Jenner também chamou a atenção ao desfilar com acne visível no tapete vermelho dos Globos de Ouro de 2018. Ela relatou como, antes de se tornar autoconsciente, a acne chegou a arruinar sua autoestima. “Eu sequer olhava para as pessoas quando conversava com elas”, disse.

Mensagem encorajadora de Kendall Jenner. Foto: Twitter, Reprodução

Leia também

Beyoncé, Viola Davis e mais: 6 famosas que passaram por transição capilar e arrasam nos cachos
Franja é tendência para os cabelos no verão: veja dicas para adotar o visual