Canal do Panamá, hambúrguer de avestruz, a histórica Cartagena e muito mais a bordo de um cruzeiro

Foto Loco por Vino, arquivo pessoal

Saímos de Fort Lauderdale a bordo do MS Zuiderdam para nosso cruzeiro de número 15.
O roteiro da vez, no navio Holland America Zuiderdam, foi: Half Moon Cay (Bahamas), Aruba, Curaçao, Cartagena (Colômbia), Panamá e Costa Rica.

O cruzeiro oferece uma carta de vinhos digitais, com opções que podem chegar até a um Chateau Petrus, que custa $2300. Fizemos uma degustação chamada walking around the world. Por $25 dólares, foram servidos 10 vinhos – 5 brancos e 5 tintos de diferentes países. O destaque foi o Sauvignon Blanc SPY Valley, de Marlborough, New Zealand, com aquela famosa característica verde, herbácea e aromas de grama.

Quem já fez cruzeiros com a Royal Caribbean ou NCL, vai estranhar um pouco a formalidade da Holland America, um cruzeiro mais chique, digamos assim.
A primeira parada em um porto foi Half Moon Cay. Uma ilha privada nas Bahamas, onde oferecem um churrasco de cortesia e você pode comprar, por $25 dólares, um pacote para o dia com bebidas ilimitadas, que inclui cerveja, vinhos, rum e drinks.
De lá seguimos para a famosa Aruba, que possui belas praias e um clima desértico. Nunca chove na ilha. A praia mais famosa é Eagle Beach, onde a parada para  foto é obrigatória.

Picture

Em Aruba, o prato mais famoso é o Keshi Jena, feito com frango, vegetais e especiarias, coberto com queijo Gouda. A bebida que não pode faltar é o Ariba Aruba, um drink com o licor CoeCoei, que é basicamente feito da planta de agave e misturado com rum.

Uma costelinha de porco, feito com o tradicional Smokey Joe´s BBQ Sauce, também não pode ficar para trás.

Picture

Curaçao

Picture

No dia seguinte já estávamos em Curaçao, famoso por suas casas coloridas e pela produção do Curaçao Blue. E não poderíamos deixar de conferir a fábrica do famoso licor, que é feito com a casca de uma laranja amarga, encontrada na própria ilha.

Em Curaçao é possível visitar uma fazenda de avestruz, alimentar os bichinhos e ainda, após o tour, você pode comê-los! Como uma de nossas metas é sempre degustar comida e bebida locais, comemos um hambúrguer de avestruz.

A carne é sem gordura e lembra bastante um mix de carne de porco, com fígado de galinha. Se você conseguir imaginar isso, chegará bem próximo do sabor de um hambúrguer de avestruz.

Picture

Voltando à cidade, a parada obrigatória é um dos mais antigos bares do País, Netto bar.

Se tiver sorte, pode tirar uma foto com o dono, famoso por receber celebridades em busca da sua receita secreta, o ROM BERDE  – um licor forte, feito com rum, menta e o resto é segredo.

Picture

O próximo porto foi a famosa Cartagena, na Colômbia. Consideramos a melhor parada desta trip, com muita cultura e comidas locais.

Nunca compramos os tours dentro dos cruzeiros, onde cobram no mínimo duas vezes mais que as empresas que estão a alguns passos do navio.

Em Cartagena não foi diferente. Saindo do porto, já encontramos táxi a $10 para a Cidade Velha e um free tour, baseado apenas em gorjeta, que contou a história de Cartagena e seu passado sombrio por causa da Inquisição.

Estando na cidade você não pode deixar de provar as arepas e uma excelente bebida, a limonada com coco.

Picture

No Porto você encontra um santuário de araras, lindo! Se você gosta de animais, guarde um tempinho para ficar por ali.

Panamá

De Cartagena, seguimos para cruzar o fantástico canal do Panamá, onde um cruzeiro paga a bagatela de 350 mil dólares pela travessia. Foi legal acompanhar a logística.

Pegamos um tour caminhando por Panamá City, onde podemos ver um pouco do contraste do antigo e o novo

A dica fica em comprar uns drinks no famoso free shopping do Panamá. Existem coisas realmente muito baratas.

Compramos este vinho de Israel (​Psagot é um vinhedo que fica em Judean Hills, ao Norte de Jerusalém) por $15 dólares. O mesmo vinho nos EUA, que já é um lugar barato, custa $40 dólares.

Picture

Um excelente Bordeaux style blend, com 70% Cabernet Sauvignon, 19% Cabernet franc, 6% Merlot e 5% Petite Verdot. Envelhecido 14 meses em barricas de carvalho francesas e americanas.

Costa Rica

PictureSaindo do Panamá finalizamos com a visita a Puerto Limón, na Costa Rica. O país é rodeado por corais, o que atrai surfistas do mundo inteiro.
Fizemos um tour no parque nacional de Tortuguero, onde encontramos inúmeros macacos, preguiças, aves e jacarés.

Picture

A melhor forma de viajar

Consideramos os cruzeiros a melhor forma de viajar. Se pode visitar vários locais diferentes, assistir à shows, cassino e várias atividades que não vão lhe deixar com saudade de casa.

​Muita comida..

Próxima trip será em duas semanas, um cruzeiro transatlântico de Miami a Barcelona com a Princess Cruise Lines.
Salud!
Mais de Loco por Vino: