Humberto Martins rebate críticas após defender José Mayer: “É óbvio que assédio é crime”

Ator questionou nas redes sociais as retaliações recebidas por Mayer

Foto: Renato Rocha Miranda / TV Globo/Divulgação

Na semana passada, José Mayer foi oficialmente desligado da Globo após as denúncias de assédio sexual. Em entrevista concedida ao UOL, o ator global Humberto Martins disse que Mayer “não merecia ter recebido esta retaliação” e recebeu centenas de comentários negativos em suas redes sociais por sua opinião.

Neste domingo (20), no entanto, Martins decidiu se pronunciar sobre o caso em seu perfil no Instagram. Ele falou que “jamais sairia em defesa de uma pessoa que comete assédio sexual” e que “a imprensa negativa e marrom caluniosa faz questão de mudar as palavras de lugar”.

Além disso, o ator que estará na novela Verão 90, com estreia no dia 29, disse que também demitiria o ator em caso de confirmação de assédio.

Veja o post na íntegra

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Jamais sairia em defesa de uma pessoa que comete assédio sexual. Tenho filhas , e se isso acontecesse com elas ou qualquer outra mulher, e eu visse . Primeiro a defenderia , e depois denunciaria . Sou um homem íntegro, honesto e respeitador . Agora a imprensa negativa e marrom caluniosa , faz questão de mudar as palavras de lugar e mudar o que foi dito , pra vender matéria em troca da destruição de reputação e caráter de quem tem uma vida limpa . O que falei , foi que nenhum ser humano deveria sofrer uma punição tão pesada da vida . Com compaixão, pena . Tudo dito pelo lado humano. É óbvio que assédio é crime , e sobre a decisão da empresa de mandar embora o assediador . Eu faria o mesmo se fosse o patrão.Com certeza , com a devida apuração do caso. Obrigado pelo complemento, quem nos comentários fez bem lembrar .

Uma publicação compartilhada por Humberto Martins (@humbertomartins.oficial) em

 Leia também: 

Assédio: Betty Faria defende Zé Mayer e critica as denúncias em Hollywood