Imagem de ilusão de ótica não serve para diagnosticar estresse

Olhar para a imagem abaixo não vai dizer como anda a sua saúde mental

Foto: Yurii Perepadia / Reprodução

Fim de ano é também época de estresse: agenda cheia, preocupação com as contas, calor excessivo, trânsito. Se você está em dúvida sobre como anda a sua saúde mental, dê uma olhada na imagem acima. De acordo com um texto que circula pelas redes sociais, se ela estiver parada, é porque você está saudável e teve uma boa noite de sono. Caso ela esteja se movendo, você está estressado. Será que isso é verdade?

Trata-se de mais uma notícia falsa da internet. O boato diz que essa imagem foi criada por um neurologista chamado Yamamoto Hashima e serve para diagnosticar casos de estresse. Nada disso é verdade – não há sequer qualquer comprovação de que Hashima realmente exista.

O verdadeiro autor do desenho é o designer ucraniano Yurii Perepadia, que já desmetiu a história em sua página no Instagram. Segundo ele, é uma ilusão de ótica criada em 2016.

“Este é um traço branco e preto em um fundo colorido, que põe em movimento o foco da visão e faz parecer que os detalhes da imagem estão se movendo. O psicoterapeuta japonês Yamamoto Hashima não tem nada a ver com essa foto. Além disso, Yamamoto Hashima nem existe realmente”, escreveu.

A imagem viralizou em outubro deste ano, quando a neurocientista italiana Alice Proverbio postou a ilustração em seu Twitter, com a intenção de testar as diferentes percepções dos usuários ao olhar para a imagem. Na mesma ocasião, ela explicou que há uma área do cérebro responsável por processar o movimento, a V5, enquanto outra é dedicada às cores e formas, a V4. Segundo ela, os neurônios V4 ficam saturados ao deparar com a imagem, fazendo com que a velocidade em que os neurônios V5 viajam seja interpretada com uma sensação de movimento.

O neurologista Rodrigo Targa, do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), confirma que a imagem é apenas uma ilusão de ótica, sem relação com o estresse:

– Figuras que têm um padrão repetido e superposto podem, quando as escaneamos com a visão, dar uma impressão de movimento.

O neurocirurgião Thiago Torres de Ávila explica que o efeito tem relação com nosso globo ocular:

– O globo ocular está sempre se movendo e, devido ao forte contraste à forma da figura, temos a impressão de que ela tem movimento.

Ou seja, apesar de serem divertidas e intrigantes, as ilusões de ótica não servem para definir se alguém está ou não estressado. A melhor maneira de ter um diagnóstico é consultar com um profissional especializado.

Leia também: 

Coca-Cola com abacaxi não elimina pedra nos rins e na vesícula

Beber água gelada não causa ataque cardíaco

Beber água antes de pintar o cabelo não evita câncer de bexiga