Saiba as diferenças entre maquiagem orgânica, vegana, natural e cruelty free

Maquiagem orgânica, vegana, natural, cruelty free. Todos os conceitos são muito próximos, porém, diferentes. Por exemplo, nem todo cosmético orgânico é vegano, assim como muitos considerados “cruelty free” não são 100% naturais. Mas, uma coisa é certa: a make sustentável está em alta, levantando a bandeira do estilo e da beleza sem destruir o planeta.

Ao usar maquiagem orgânica, a pele absorve apenas produtos naturais, ricos em vitaminas, minerais e óleos, sem contato com agrotóxicos, hormônios ou conservantes. Ou seja, além do efeito estético, a make orgânica agrega propriedades nutritivas e antioxidantes.

Em muitos casos, a opção por esse tipo de produto se dá por problemas de alergia. A maquiadora Dayane Mussoi  atua como modelo há 14 anos e chegou a desenvolver alergia cosméticos tradicionais.

“Sempre que tirava a maquiagem, minha pele estava irritada, com marcas, espinhas, os cílios quebravam”, conta a profissional de beleza.

Buscando uma alternativa, ela conheceu as makes orgânicas, livres de ingredientes sintéticos, como parabenos, sulfatos e corantes, todos nocivos para a saúde e para o meio ambiente, e passou a trabalhar exclusivamente com estes produtos.

“Quem está acostumada a usar rímel convencional e usa um orgânico percebe a diferença, o mesmo ocorre com as bases, que não bloqueiam os poros e ainda hidratam”,  garante a maquiadora.

SAIBA MAIS

Para ser considerado orgânico o produto deve ter ao menos 95% de sua fórmula composta por matérias primas naturais e puras. Estes ingredientes (como óleos essenciais, extratos e manteigas vegetais) devem ser oriundos da produção orgânica, o que incentiva o desenvolvimento do pequeno agricultor. Outro diferencial é que toda a matéria matéria-prima é livre de agrotóxicos. Embora não exista um órgão regulador, esta determinação é feita pela a EcoCert, um organismo de inspeção e certificação que há 20 anos atua no país.

DIFERENÇAS ENTRE AS MAKES

Natural
Pelo menos 5% de fórmula do produto é composta de ingredientes orgânicos, livre de parabenos, sulfatos e corantes.

Orgânico
No mínimo 95% de matérias-primas orgânicas em relação à quantidade total de ingredientes naturais utilizados na composição. Pode conter componentes de origem animal, como cera de abelha.

Vegano
Não utiliza ingredientes derivados de animais como mel, leite e gordura bovina, e não realiza testes em animais. Pode conter componentes sintéticos.

Cruelty free
“Livre de crueldade”: significa que não foram testados em animais.

Leia também:
Em sua quarta edição, Semana Balaclava se consolida como um festival de criatividade em Florianópolis

Exposição que conta a história da Louis Vuitton chega aos EUA

“Pequena produção mantém a biodiversidade e ajuda a população socialmente”, diz Carlo Petrini, criador do Slow Food, em passagem por SC

Equipe Versar
Somos uma plataforma multimídia que mostra o estilo de vida de Santa Catarina de forma leve e inovadora. A Versar integra os veículos do grupo NSC Comunicação.

Deixe seu comentário