Sandro Clemes: casa em tons de verde

Selvas Urbanas

Com cidades cada vez mais cinzas e escassas de verde, o contato cotidiano com a natureza na vida contemporânea pode ser mesmo privilégio para poucos. O atual  interesse das pessoas por cultivar plantas – muitas plantas – em casa parece uma tentativa de restabelecer vividamente a conexão atávica entre o humano e o meio natural. A natureza nos deslumbra  com suas cores, padrões, dimensões e sua força arrebatadora. Ela nos faz pensar sobre a permanência e a transitoriedade num universo que se transforma sem pausas. Talvez a vida desses seres botânicos domésticos possa nos fazer indagar sobre nossa própria vida efêmera. Elas nos avisam que precisam de atenção, de cuidado, pedem por condições adequadas para sobreviver e realizar seu potencial de beleza.

Ah, e por falar em vida, surge a questão: plantas artificiais-permanentes-de plástico, pode? A resposta é: N-Ã-O.

Ir para o mato é ir para casa

A frase acima é do ambientalista escocês-americano John Muir, que às vésperas de 1900 arguía sobre a relação inequívoca entre o humano e o natural. Marcelo Fialho e Marco D. Julio, o duo criativo do estúdio/ateliê O Tropicalista invadiram a ante-sala do MASC (Museu de Arte  de Santa Catarina) para instalar ali uma selva nova e temporária, com dezenas de espécies vegetais, in natura ou interpretadas em estampas para tecidos, papéis de parede, azulejos e em esculturas. “Nossa intenção é produzir no local uma nova topofilia, por meio do tensionamento entre as noções de pertencimento, permanência e hospitalidade”, explica Marcelo. A composição organicamente urdida e a ordem caótica de “Floresta Inventada” criam um espaço de imersão instigante e acolhedor, que parece atuar na intersecção da força dos gestos da natureza e do gênero humano.

AGENDA

Palestras, workshops e consultorias sobre jardinagem, botânica e arranjos de plantas integram a programação do Jardim das Ideias, promovido pela STIHL Ferramentas Motorizadas Ltda, na cidade de São José, Grande Florianópolis. Confira:

O quê: Jardim das Ideias
Quando: 18, 19, 25 e 26 de maio
Onde: Junkes Garden Center – BR 101, km 198, São José/SC.
Quanto: gratuito e aberto ao público.

Leia mais:
Sandro Clemes: cafeterias de Florianópolis unem arquitetura e design para proporcionar boas experiências
Sandro Clemes: arquitetura e design com causa e compromisso
Sandro Clemes: o vestir de luz no design e na arquitetura

 

Somos uma plataforma multimídia que mostra o estilo de vida de Santa Catarina de forma leve e inovadora. A Versar integra os veículos do NSC Comunicação.

Deixe seu comentário