Veja como foi o casamento real de Meghan e Harry

Príncipe Harry e Meghan Markle acabam de ser declarados marido e mulher! O casal trocou as alianças na Saint George’s Chapel, no Castelo de Windsor.

Saiba detalhes da cerimônia

Feminista, Meghan não jurou obediência a Harry, como é de praxe nas cerimônias inglesas – ela é, inclusive, representante da ONU Mulheres.  A tradição é dizer “love, cherish and obey” (amar, cuidar e obedecer em português)”, mas Meghan optou por dizer “love and cherish” (amar e cuidar). Assim como Meghan, Kate Middleton também não falou em obediência no casamento com William, em 2011. A tradição se iniciou com Lady Di.

O beijo dos noivos

Após a polêmica com o pai da noiva, que foi acusado de ter colaborado com fotos de paparazzi e também teve problemas de saúde, a ex-atriz pediu que seu sogro, o príncipe Charles, a conduzisse ao altar. Ela entrou na capela sozinha e ele a encontrou na metade do caminho.

Foram seis aias escolhidas para acompanhar o casal real, e entre elas estavam a princesa Charlotte, 3 anos, filha de Kate Middleton e príncipe William, que foi ao altar com os noivos assim como fez no casamento de sua tia materna Pippa. Entre os quatro pagens estavam príncipe George, 4 anos, irmão de Charlotte.

Noiva optou por uma maquiagem leve e natural

O vestido

Meghan Markle fez uma escolha surpreendente para subir ao altar. A escolha da ex-atriz foi um vestido da maison francesa Givenchy, que tem como estilista uma inglesa, Clare Waight Keller. A designer também já trabalhou para a Chloé. A noiva está clássica mas elegante, como era esperado.

O véu de Meghan também chamou a atenção: a noiva usou uma mantilha com tule francês. A renda chantilly francesa em toda a borda completou o visual. A Duquesa de Sussex, como Meghan será chamada, usou uma coroa da Rainha Maria.

Convidados

Entre os convidados estavam Jéssica Mulroney, melhor amiga da noiva; Patrick J. Adams, colega de elenco de Suits; Amal e George Clooney; a tenista Serena Williams; o ator Tom Hardy e Victoria e David Beckham. 

Uma curiosidade é que os convidados receberam um livro de instruções do que podiam ou não fazer no dia – eram sete páginas com indicações que incluem o que é proibido levar para o casamento, como espadas e medalhas. Todos os telefones, câmeras e quaisquer dispositivos usados ​​para captura de imagens foram proibidos.

Também era proibido levar presentes para o local da cerimônia, já que Meghan e Harry pediram que as pessoas que quisessem dar algum presente façam uma doação para uma das sete instituições de caridade escolhidas.

Bolo

O bolo escolhido por Meghan é de limão, com ingredientes orgânicos, e cobertura de creme de manteiga e decoração de flores frescas. A receita é da confeiteira Claire Ptak, da padaria londrina Violet Cakes.

Estima-se que o bolo tenha custado cerca de R$ 16 mil reais. Um dos ingredientes é o xarope de flor-de-sabugueiro, produzido a partir de árvores de sabugueiro que nascem nos jardins da residência da rainha, em Sandringham. O bolo também leva pão-de-ló. No recheio, coalhada de limão amalfi e creme de sabugueiro. A decoração do bolo foi feita com creme de manteiga suíço e mais de 150 flores como peônias e rosas.

Pré-casamento

Na última noite antes do casamento, Meghan e a mãe Doria Ragland ficaram hospedadas no Cliveden House Hotel, no Cliveden Estate, em Taplow, a cerca de 16 km do local do casamento. É uma regra da família real – na noite anterior à cerimônia, os noivos devem ficar em hotéis separados na área de Windsor. Harry ficou a 24 km de distância, no Coworth Park da Dorchester Collection em Ascot, com seu padrinho e irmão, William.

Agora, o casal vai morar no Kensington Palace, sendo vizinhos de Kate Middleton e príncipe William.

Leia mais

Treta: irmão detona Meghan Markle em carta a Príncipe Harry

Influenciado por Meghan, Harry para de fumar e melhora hábitos