Descubra os encantos de 4 destinos do norte da Europa

Quem pensa em conhecer países do norte da Europa, como a Rússia, Alemanha, Finlândia ou Polônia, geralmente se imagina enfrentando muito frio e neve em um local onde é difícil de se comunicar. Mas desbravar o norte da Europa não precisa ser complicado. Quem viaja no verão europeu (nos meses de junho, julho e agosto) encontra temperaturas que ficam na casa dos 20°C e um povo mais aberto e acolhedor do que no inverno.

E quanto à barreira do idioma, a insegurança deixa de ser um problema quando se viaja com um guia que acompanha os visitantes durante todo o tempo do passeio. Os pacotes turísticos que oferecem acompanhamento durante toda a duração da viagem também permitem conhecer o lugar a fundo, aproveitando cada momento, sem se perder no tempo ou no meio das explicações sobre os monumentos das cidades – que não são poucos nessa região de cultura e história ricas. Conheça alguns dos destinos do norte europeu que devem estar no roteiro da sua próxima viagem.

Os melhores destinos do Norte da Europa

ALEMANHA

A Alemanha é um país rodeado por estereótipos. A noção de que os alemães bebem cerveja todos os dias e em qualquer lugar, só comem salsicha e são grosseiros é famosa no mundo inteiro – e não sem razão. O país, de fato, está em terceiro lugar na lista dos maiores consumidores de cerveja (em média 104.7 litros per capita por ano). Mas a fama veio porque os alemães levam a cerveja muito a sério e existem, inclusive, um conjunto de regras específicas – o Reinheitsgebot – que precisam ser seguidas para manter a qualidade do produto durante sua fabricação. O resultado desse controle são mais de 2 mil cervejarias espalhadas pelo país fornecendo cervejas diversas, de alta qualidade e a preços competitivos. E para ornar com uma gelada, nada melhor do que uma boa salsicha, ou Würst, como chamam os alemães. Uma pesquisa recente feita no país demonstrou que, pelo 26º ano seguinte, a comida preferida dos alemães é o currywurst, que nada mais é do que salsicha branca com molho picante acompanhada por pommes frites (batatas fritas). Já a ideia de que os alemães são grosseiros vem do fato de eles serem muito diretos, não terem papas na língua e dispensarem aquela enrolação que, para nós, brasileiros, é tão comum. Na Alemanha, tome cuidado para não confundir objetividade com grosseria. Viaje para o país de cabeça aberta e mergulhe na cultura rica, na história marcada por alguns dos momentos mais importantes do século XX, nos grandes, modernos e vibrantes centros urbanos e nas paisagens bucólicas do interior do país.

Fim de tarde na capital alemã (Foto: Pexels)

POLÔNIA

Se por um lado a Alemanha é estereotipada, a sua vizinha Polônia foge disso. O país ainda é pouco conhecido e visitado pelos brasileiros e passa longe do topo da lista dos destinos mais buscados por nós. Uma terra que parece ainda carregar as cicatrizes da Segunda Guerra, a Polônia é marcada por uma história sofrida que hoje é lembrada em monumentos, museus e centros históricos que recontam um passado que não deve ser esquecido. Um dos pontos turísticos mais visitados do país é o campo de concentração nazista de Auschwitz, que foi um dos maiores do regime e agora compartilha com o mundo o peso do que aconteceu lá. Mas nem só de passado vive a Polônia. Hoje, cidades como Varsóvia e Cracóvia são centros urbanos vibrantes, com vidas noturnas movimentadas que atraem cada vez mais visitantes de todas as partes do mundo. Durante o dia, os centros históricos das cidades guardam belos prédios construídos com elementos das culturas que circundam a Polônia em uma bela mistura de traços bálticos, escandinavos, eslavos e germânicos. Na Polônia também tem praias, lagos e florestas que fazem do país um destino que também agrada quem gosta de natureza.

Campo de concentração nazista em Auschwitz, na Polônia (Foto: Pexels)

RÚSSIA

Nada melhor do que sediar uma Copa do Mundo para que os olhos do planeta se virem para um país e, de repente, sua cultura, história e potencial virem assunto em todo lugar. Mas no caso do maior país do mundo em extensão, vale o “ver para crer”, já que a Rússia é tão imensa, tão vasta e tão diversa que não há cobertura jornalística que a traduza por completo. Mas quem busca uma pincelada de informações sobre a Rússia antes de viajar para lá precisa saber que as principais atrações e cidades do país ficam na sua parte europeia, no oeste. É em cidades como São Petersburgo que ficam lugares como a Academia de Artes da Rússia, o famoso Jardim de Alexandre e catedrais marcadas por detalhes típicos da arquitetura russa. Em Moscou fica um dos símbolos do país, a Catedral de São Basílio, além de inúmeros outros monumentos e memoriais que guardam um pouco da história conturbada do país.

Catedral de São Basílio, em Moscou (Foto: Pexels)

FINLÂNDIA

A Finlândia é um país de opostos. A capital Helsinque é marcada por uma atmosfera jovem, moderna, descolada e cheia de energia. Um passeio pelo porto da cidade rende belas fotos e permite contemplar os artistas de rua que, no verão, estão por toda parte. Quem gosta de arte encontra no distrito de design um dos pólos de inovação e criatividade do mundo. Saindo da capital, o sentimento é de que todos os finlandeses ficaram lá. Com uma natureza intocada e um território que aparenta ser inexplorado, o interior da Finlândia tem uma natureza exuberante que se estende até o ártico, no topo do mundo. Havendo tempo, vale visitar o parque e santuário de renas Salla Reindeer Park e a Aldeia do Papai Noel, um parque temático incrível onde é possível viver uma experiência de Natal típica do Polo Norte todos os dias do ano. Para que a experiência na Finlândia seja completa, não deixe de passar por uma sauna. Sim, os finlandeses são fanáticos por saunas e, para eles, elas são um lugar para relaxar com amigos e familiares.

O mundo mágico do Papai Noel, na Finlândia (Foto: Santa Television)

Beth Tur
Viaje pelo mundo com segurança em tours guiados 100% do tempo. Siga @bethturfpolis no Facebook ou entre em contato pelo (48) 99651-5590.

Leia mais

Viagem: jornalista mostra roteiro de 10 dias para explorar as paisagens do Chile

Tendência de viagem: Portugal é escolhido o melhor destino turístico do mundo