Conheça Barney, o cão-bombeiro de Lages

Nos intervalos de cada treinamento, Barney tem todas as características de um cão brincalhão, dócil e amigo.

Fotos: Toninho Vieira

Em Santa Catarina, os Batalhões de Corpo de Bombeiros Militares possuem dez animais para operações com cães. O de Lages é um desses – o cão-bombeiro Barney, da raça labrador e com pouco mais de dois anos de idade, é o representante deste seleto grupo de animais que está à disposição para os serviços de busca.

O cãozinho foi treinado e está preparado para busca e auxílio em salvamento e resgate de pessoas nas mais variadas ocorrências e situações. Apesar de morar em Lages, sua atuação não se restringe apenas à região Serrana. Ele está disponível para atuar em diversas cidades e regiões do Estado, e quase metade do território catarinense está sob sua jurisdição e responsabilidade.

Cão Barney em ação com o soldado Galli

O destino de Barney já estava traçado no nascimento, já que seus pais também atuam neste tipo de operação. Mas ele não está disponível para o serviço o tempo todo. Nos intervalos de cada treinamento, ele tem todas as características de um cão brincalhão, dócil e amigo.

Para se preparar, ele se alimenta com ração apropriada e alguns suplementos alimentares. Também pratica exercícios físicos, anda em esteira e faz natação. De acordo com o soldado e condutor do cão Luciano Rangel, todo este processo na busca de vítimas é como uma brincadeira para o animal.

— Ele não busca por simples obrigação, mas sim por ser prazeroso. Para isso, trabalhamos e aguçamos ainda mais o sentido do olfato do cão para as operações dos Bombeiros Militares — destaca o soldado.

Cão está a serviço da comunidade

Barney está apto para atuar na busca urbana e rural. No prédio que desabou no início de maio em São Paulo, por exemplo, uma irmã de Barney ajudou no trabalho de busca das vítimas. Já a mais recente atuação de Barney foi em uma área rural do município de Urubici, em um local de difícil acesso. Infelizmente, a vítima já estava sem vida, mas a atuação do cão foi importante para a localização do corpo.

Leia mais:

9 perfis de pets viajantes para seguir no Insta

Sandro Clemes: Dica prática para limpar pelos de pets da mobília

14 dicas para que cães e gatos não fiquem doentes no inverno