Camerata Florianópolis estreia ópera-rock Frankenstein na Capital

Ingressos começam a ser vendidos às 14h desta quarta-feira (13)

Alírio Netto, Rodrigo Mattos e Alexei Leão. Foto: Tóia Oliveira/Divulgação

No ano que o romance Frankenstein, da escritora britânica Mary Shelley, completa 200 anos, a Camerata Florianópolis estreia a ópera-rock homônima, uma produção que comemora os 25 anos do grupo e que está entre os mais ambiciosos. O espetáculo terá sessões nos dias 27, 28 e 29 de junho, no Teatro Ademir Rosa, na Capital. Para o dia 27, os ingressos foram distribuídos gratuitamente e já esgotaram. Já as entradas para os dias seguintes começam a ser vendidas nesta quarta-feira (13), às 14h, via Blueticket. Sócios do Clube NSC e acompanhantes têm 20% na compra antecipada pelo site ou na loja Blueticket no Beiramar Shopping.

O espetáculo, com dois atos e com duas horas de duração, tem regência do maestro Jeferson Della Rocca, direção cênica de Renato Turnes, direção artística e composição de Alberto Heller e produção executiva de Maria Elita Pereira. Nos papéis principais estão grandes nomes do canto lírico e do rock nacional como Alírio Netto (vocalista do Queen Extravaganza), que vai interpretar a famosa Criatura; Rodrigo “Gnomo” Matos, que viverá Victor Frankenstein; Carla Domingues, soprano de voz marcante e versátil no papel de Elizabeth; Masami Ganev, soprano que já participou de óperas como Madama Butterfly e La Bohème, interpretará Justine – entre outros nomes da música catarinense. A parte musical compreende ainda coro masculino, banda e orquestra sinfônica. Ao todo, quase 70 pessoas estarão envolvidas no espetáculo.

Ensaio. Foto: Tóia Oliveira/Divulgação

 

O libreto da ópera-rock, escrito também por Alberto Heller, propõe-se a resgatar a dimensão trágica e existencial da obra original, distanciando-se das adaptações cinematográficas que costumam transformar essa história num conto de terror. Embora formalmente possa ser enquadrada como um musical, Frankenstein se diferencia da tradição do gênero, que em geral têm forte influência pop – por ser uma tragédia, a música é densa e dramática.

Os vários temas que se entrelaçam na história continuam atuais, como a relação entre criador e criatura, os limites éticos nas pesquisas científicas, a natureza humana, o sentido da existência, a relatividade do bem e do mal, a negação e superação da morte, o respeito à diferença e a marginalização dos divergentes.

Agende-se

Camerata Florianópolis apresenta ópera-rock Frankenstein
Quando: 27, 28 e 29 de junho
Onde: Teatro Ademir Rosa, no CIC (Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica, Florianópolis)
Quanto: ingressos serão vendidos a partir das 14h desta quarta-feira (13), via Blueticket. Sócios do Clube NSC e acompanhantes têm 20% na compra antecipada pelo site ou na loja Blueticket no Beiramar Shopping.

Leia mais:

Dupla do @decornautas participa de evento sobre arquitetura e decoração em Joinville

Espetáculo Queen das Américas ocorre em Florianópolis neste mês