3 perfis no Instagram de mulheres que enfrentaram o câncer de mama

Catarinense Flávia Flores foi uma das primeiras a levar o assunto para as redes sociais. Foto: Divulgação

Neste domingo (27), a apresentadora Ana Furtado revelou que recebeu o diagnóstico de câncer de mama e que já passou por uma cirurgia para retirada do tumor. Agora, ela vai fazer sessões de quimioterapia como parte do tratamento. Para quem está passando por uma situação difícil como essa, trocar experiências e buscar apoio de quem entende e já passou por isso pode ser uma boa pedida. Garimpamos no Instagram perfis de mulheres que enfrentaram o diagnóstico de câncer de mama e compartilham suas histórias e seu dia a dia. Selecionamos três para você conhecer e se inspirar:

@FORCAGURIAS

Ana Ávila e Daniela Israel são duas amigas que se conheceram nas sessões de quimioterapia. A partir da amizade, decidiram criar uma plataforma que tratasse do câncer de mama sob um prisma positivo, informando mulheres e tentando desmistificar a doença. A ideia é mostrar uma rotina que, conforme contam, pode ser vivida “sem dramas”, por isso a hashtag #nonodrama acompanha as postagens da dupla. No perfil, você encontra perucas estilosas, carecas desinibidas e o dia a dia delas.

@QUIMIOEBELEZA

Depois do diagnóstico, em 2012, a catarinense Flávia Flores criou o site Quimioterapia e Beleza – que, pouco depois, tornou- se uma conta de Instagram. O perfil e o site apostam nos cuidados com a beleza para empoderar mulheres que enfrentam o câncer de mama, trazendo dicas sobre maquiagem, lenços, estilo, autoestima e bem- estar. Ainda é possível acompanhar a rotina de Flávia, que se divide entre eventos, projetos relacionados ao câncer e cuidados com a própria saúde.

@CANCERDEMAMAAOS29ANOS

Cyntia Soares foi diagnosticada com câncer de mama em 2016 e criou o perfil para desabafar e dar notícias aos amigos e familiares. Quando percebeu um nódulo na mama, os médicos acreditaram que era benigno, mas quando ela foi fazer a cirurgia para retirá-lo descobriu que era maligno. Hoje, ela está em remissão mas continua postando sobre o assunto e apoiando a causa oncológica.

Leia mais:

Mitos e verdades sobre anticoncepcional e câncer de mama

Mamografia: qual é a idade certa para começar?

DIU: dói para colocar? A menstruação acaba? Quanto tempo dura? Tire todas as suas dúvidas