Intercâmbio estudantil é uma boa oportunidade para melhorar o currículo

Feira que acontece em Florianópolis neste domingo (24) facilita o encontro de informações sobre intercâmbio

Tayna Hoog recebeu seu certificado do curso de inglês que fez no Canadá (Foto: arquivo pessoal)

Popularizado no século 20, sobretudo no pós-guerra na Europa, o intercâmbio estudantil caiu no gosto nacional. No Brasil, a modalidade de intercâmbio mais procurada em 2017, segundo a Associação das Agências de Intercâmbio (Belta), foi de curso de idiomas, seguido de graduação, ensino médio e curso de idioma com trabalho temporário.

De acordo com a especialista em intercâmbio Daniela Ronchetti, e diretora de operações da feira de intercâmbios Eduexpo, que acontece em Florianópolis neste domingo (24), a experiência de estudos no exterior é uma boa oportunidade para quem deseja melhorar o currículo ou mesmo mudar de área.

—As empresas estão procurando por um perfil de candidato que seja flexível e se adapte facilmente às novas situações, já que hoje tudo está mudando muito rápido. O estudante sabe da importância de estar dentro desse perfil e sabe que através de uma experiência de estudos no exterior ele poderá conseguir uma vaga diferenciada de trabalho no retorno ao seu país — afirma a fundadora da feira de intercâmbios.

Leia também: Catarinense tem o maior canal do Youtube no Brasil sobre intercâmbio

Países para estudos

A pesquisa, realizada pela Belta, aponta que o Canadá é o destino mais procurado pelos brasileiros. Segundo Daniela, o país está entre os cinco melhores em educação do mundo, além de ter uma moeda de valor acessível.

— Para o Canadá é possível trabalhar enquanto estuda por 20 horas semanais. E se o estudante estiver fazendo um curso de graduação ou pós, o governo oferece a possibilidade de extensão do visto por até dois anos após o termino do curso, para o estudante trabalhar na área que tiver feito o curso — acrescenta a especialista.

Canadá é o destino mais procurado pelos estudantes brasileiros (Foto: Divulgação)

Este foi o destino escolhido por Tayna Hoog, de 22 anos, em 2017. Formada em Toronto, ela contou algumas das experiências que trouxe para o Brasil ao finalizar o curso de inglês que fez na cidade.

— Lá fiz amigos de todas as nacionalidades: Italianos, Suíços, Colombianos, alemães, Coreanos, uruguaios e Japoneses. Fiquei hospedada na casa de uma família da Macedônia, com cidadania canadense. O casal tinha dois filhos de idades próximas a minha e sempre fizeram me sentir extremamente bem-vinda. Também tive a oportunidade de conhecer o ambiente de trabalho canadense através de um período de voluntariado na própria escola. Toda essa experiência me fez amadurecer muito — conta Tayna.

Tayna em Toronto (Foto: arquivo pessoal)

Além do Canadá, os Estados Unidos e o Reino Unido aparecem na lista de favoritos dos estudantes. Entretanto, cada país tem suas regras, e é importante o estudante avaliar e comparar cada uma.

— Por exemplo, os EUA oferecem essa permissão para os estudantes que estiverem estudando por um mínimo de oito meses, normalmente na universidade. Mas é recomendável sempre checar essas informações diretamente com cada governo, pois as regras podem mudar sem aviso prévio — afirma Daniela.

Daniela Ronchetti, Diretora de Operações da Eduexpo no Brasil (Foto: Divulgação)

Florianópolis vai receber a maior feira de intercâmbio do mundo

Para facilitar o encontro dessas informações, Daniela organiza a Eduexpo desde 2001. No evento acontece em mais de 40 cidades brasileiras e edições em toda a América Latina, Europa, Ásia, África e Índia, reunindo instituições de ensino de todos os continentes com informações para orientar sobre cursos de idiomas, graduação, mestrado, doutorado, estágios remunerados, curso técnicos, de férias, bolsas de estudos, hospedagens e documentação necessária para o período de estudos.

— Em Florianópolis, os estudantes poderão conversar com os Governos do Canadá, Holanda, França, Estados Unidos, Finlândia e Suécia, para se informarem das opções de bolsas de estudos que são oferecidas especificamente para pós-graduação, mestrado e doutorado.

Serviço

Feira de Intercâmbio EduExpo
Local: Mercure Florianópolis Convention Hotel (Rodovia Admar Gonzaga, 600 – Itacorubi, Florianópolis)
Data: 24 de março (domingo)
Horário: 14h às 19h
Ingresso: Entrada gratuita
Inscrições: http://www.eduexpos.com/imperdivel

Leia também:

Dez coisas que você pode esperar ao estudar no exterior

Quer trabalhar e estudar no exterior? Conheça as regras de seis países diferentes