J. Balvin afirma “Rihanna não é para casar” e é acusado de machismo

Rihanna
Chopard, divulgação

Parceiro de Anitta em várias músicas e amigo pessoal da cantora brasileira, o colombiano
J. Balvin fez uma afirmação infeliz sobre a cantora Rihanna durante uma brincadeira para o canal do youtuber português SirKazzio.

No vídeo, o colombiano jogou a tag Casa, Mata ou Beija, em que o nome de três celebridades são citados e o entrevistado precisa dizer o que faria com cada uma: matar, casar ou beijar.

Na primeira jogada os três nomes que apareceram foram Anitta, com quem J. Balvin disse que casaria. Porém, na segunda rodada, o cantor fez um comentário de cunho machista. Ele precisou escolher o que faria com Jeon, Drake e Rihanna. “Rihanna não é uma mulher para casar, é para curtir muito”, afirmou. Assim, escolho “beijá-la e fazer outras coisas mais”.

 

Leia mais:

“Ainda encontramos resistência na discussão das masculinidades”, diz Mário Queiroz

Conheça a história de cinco mulheres em Santa Catarina que aplicam a sororidade no dia a dia

“Dá pra fazer um humor crítico sem ser xenófobo ou homofóbico”, diz Caito Mainier, do Choque de Cultura