João Nápoli representa Santa Catarina no The Voice Kids

O catarinense se apresenta, ao vivo, neste domingo (17)

João Nápoli canta ao vivo neste domingo (Foto: Reprodução/TV Globo)

Representante de Santa Catarina na reta final do The Voice Kids, João Nápoli demonstra ter bastante atitude para um menino de 12 anos. Foi ele que realizou sozinho a inscrição no reality musical e só depois avisou a família que havia dado o passo inicial para a realização do sonho de subir no palco do programa. Ele chegou lá e está cada vez mais perto de ganhar a disputa – neste domingo (17), João solta a voz novamente e conta com o apoio da torcida catarinense para continuar no programa.

Na etapa de shows ao vivo, quatro crianças de cada time se apresentam, mas apenas duas continuam no reality: uma escolhida pelo técnico e outra escolhida pelo público por meio da votação. João faz parte do equipe de Claudia Leitte e a votação começa a partir no início das apresentações deste time. O público terá 10 minutos para votar, quantas vezes quiser.

É possível votar por meio do site do Gshow ou pelo aplicativo, disponível na App Store e na Play Store. Basta realizar um cadastro fácil e gratuito, que pode ser por meio do login do Facebook, da conta do Google ou preenchendo nome, e-mail e cidade.

A música que ele escolheu ainda é segredo, mas o cantor mirim está se preparando para soltar a voz ao vivo e não aparenta nervosismo.

— Estou confiante. Acho que o pior já passou — acredita.

Relembre a trajetória de João no The Voice Kids

Morador de Florianópolis, João entrou no programa cantando Saidera, do Skank. Na etapa de audições às cegas, sua voz chamou a atenção dos técnicos Simone e Simaria, Carlinhos Brown e Claudia Leitte. Todos viraram a cadeira para o jovem cantor, que garantiu sua vaga no time de Claudia Leitte. Na etapa de batalhas, ele se saiu bem na performance de Treasure, de Bruno Mars, foi escolhido pela técnica para continuar na disputa e evoluiu para fase de shows ao vivo.

Foto: Eduardo Garcia

— Gosto de pop internacional, MPB, rock nacional e samba, que foi o estilo que eu comecei a cantar. Mas sou bem eclético. Eu costumava cantar todo domingo na igreja e também sempre participo de eventos na escola. Acompanho o programa desde a primeira edição e sempre quis participar —diz João.

João faz aulas de música desde pequeno, por influência do irmão mais velho e de um primo que costumavam tocar violão e tambor nas festas de família. Ele também sabe tocar bateria, piano e guitarra, mas sua especialidade é mesmo o violão. Depois de aprender o instrumento, quis aperfeiçoar o canto e começou a fazer aulas em 2015 na capital catarinense.

Ele também tem um grupo com o primo Lucas e o amigo Davi – o Trio Castelo de Areia, que por enquanto faz apresentações apenas para amigos e colegas da escola. Mas João sonha mais longe.

— Meu grande objetivo é continuar com a música. Tenho o sonho de fazer grandes shows, tocar para milhares de pessoas — finaliza.

Leia também:

João Nápoli, de Florianópolis, virou as três cadeiras no The Voice Kids

Entrevista: Claudia Leitte fala da gravidez, Carnaval 2019 e The Voice Kids