Sucesso na web, Jojo Todynho fala em entrevista sobre carreira e o desejo de se formar psicóloga

jojo todynho

Para um público de cerca de mil pessoas, Jojo Todynho fez um show de pouco menos de uma hora. FOTO: Larissa Trentini

Ela parece caricata, exagerada e enlouquecida, mas a verdade é que Jojo Todynho está muito consciente de que esses rótulos não lhe pertencem. Aliás, qualquer rótulo para ela não cabe. A carioca de apenas 21 anos sensação da internet, ganhou notoriedade no Brasil após publicar vídeos divertidos no Instagram e participar do clipe de Vai Malandra, grande sucesso da também carioca Anitta. Mas foi com o hit Que tiro foi esse? que alcançou voos mais altos.

A funkeira que desembarcou em Florianópolis nesta última quinta-feira, 29, para um show na label Milk Shake, em Jurerê Internacional, nos recebeu no camarim para uma entrevista após a apresentação. Emocionada com a resposta do público de Jurerê, Jojo estava ainda mais ‘chocada’ com os presentes que recebeu no palco, duas espumantes no valor aproximado de 3 mil reais cada uma.

– Eu recebi duas garrafas agora, cada uma é três mil e porrada. Eu não tenho dinheiro pra isso não. Tem amor maior que esse? Tem amor maior que você chegar e todo mundo cantar: ‘Que tiro foi esse?

Isso pra Jojo Maronttinni – nome que adotou para registrar sua marca -, é sucesso. Ela não gosta de ser chamada de personagem, é aquilo ali mesmo. É cantora, já gravou duas músicas e já prepara novo single para divulgar nas redes, com a promessa de superar Que tiro foi esse?, que na plataforma streaming Spotify já foi ouvida por quase 19 milhões de usuários. Hit que também lhe deu a premiação de Single de Platina Triplo pela venda de mais de 240 mil cópias. Sobre o novo trabalho – que esta semana dividiu com os fãs os bastidores da gravação do clipe – Jojo não pode contar muita coisa, pois a produção ainda é segredo.

– Não posso falar, mas vai ser outro arraso.

NO PALCO

No show ela canta seus dois hits já lançados – Que tiro foi esse? e Sentada diferente -, e um pout-porri de funk. Sucessos na voz de Anitta, Pablo Vittar e Ludmilla estão no repertório da funkeira, que ganha o público com seu carisma. Em um pequeno palco – menos de 1,5 metros de largura -, posicionado atrás da picape do DJ que lhe acompanha, Jojo dividiu o espaço com o público que ela mesmo foi chamando para performar.

Para os noivos que festavam a despedida de solteiro, na Milk, na véspera do feriado de páscoa, ela preparou uma surpresinha especial. Foi o que ela chamou de ‘servir toddynho’. Depois do primeiro receber o agrado de ser ‘mergulhado’ em seus seios fartos, tamanho 58, mais uns quatro voluntários se apresentaram como noivos, para também ganhar o ‘carinho’ da cantora.

COMUNICATIVA

O diferencial da carioca está na comunicação, no contato com o público, e ela sabe disso, não à toa já programa cursar no próximo ano um curso de psicologia.

– Se tiver a possibilidade de finalizar uma faculdade eu vou fazer(…). Tem que ter um conteúdo. E eu achei que psicologia poderia ser ideal porque eu gosto de dialogar muito.

A verdade é que ela está surfando no sucesso, quer fazer de tudo um pouco. E como resultado do trabalho, já comemora o aumento na conta bancária, mas não abre o jogo quando perguntada sobre onde está investindo, e ainda filosofa:

– Não conte seus sonhos para quem não sonha mais. Quando estiver tudo finalizado a gente abre a boca.

TRAJETÓRIA

Mas não foi sempre assim, a carioca já foi camelô, faxineira, vendedora de sorvete, telefonista, cuidadora de idosos e também fez trabalhos em um playground no shopping. Mas com uma fala empoderada e de auto aceitação, a jovem conta que toda essas experiências a ajudaram a chegar onde ela está.

– Quando você começa a trabalhar cedo é obrigada a amadurecer. As pessoas são maquiavélicas (…). E a cada dia que você acorda, você tem a oportunidade de se conhecer melhor, então você vai enxergando o mundo de outra forma. Você vai percebendo que as coisas não giram em torno de você.

RETORNO

Obrigada a todos que estavam na #milkjurere pela recepção ❤️ A D O R E I

Uma publicação compartilhada por JoJo (@jojotodynho) em

É o sorriso que ela recebe do público que a deixa mais feliz. Pelo menos foi o que ela me disse na entrevista. E para minha surpresa, não são exatamente as críticas que tiram o sorriso de Jojo.

– O que me deixa muito triste é as pessoas desdenharem uma das outras, as pessoas acharem que são melhores do que as outras. Mas a gente vai morrer e o bichinho vai comer o #%&@ de todo mundo. Vai ficar ouro, vai ficar carro, vai ficar tudo aí. Então humildade e respeito ao próximo, é tudo.

 

Leia também:
Saiba tudo sobre o show da Larissa Manoela em Florianópolis