Laura Dern revela assédio em Hollywood desde o início da carreira, aos 11 anos

Foto: Vanity Fair/Divulgação

A atriz Laura Dern, hoje com 51 anos, comentou sobre os casos de assédio sexual em Hollywood em entrevista à Revista Vanity Fair. À publicação, ela revelou que passou por situações constrangedoras desde o início da carreira, quando tinha apenas 11 anos.

– Eu me lembro de todas as situações comprometedoras. Eu era criança e os adultos se aproveitavam de mim ou tentavam. Justificava o comportamento como se eu tivesse entendido mal – declarou a atriz à edição, da qual é capa.

Laura é filha da atriz Diane Ladd e do ator Bruce Dern e faz parte do movimento Time’s Up, que briga pelo fim do assédio e abuso sexual em ambiente de trabalho. Ela, no entanto, não quis citar nomes de assediadores e afirmou que entende quem não consiga falar abertamente sobre o que viveu.

– Ninguém tem que falar sobre sua experiência. É também extraordinariamente corajoso sentar em sua própria casa, olhar-se no espelho e dizer: ‘essa é a verdade do que aconteceu’. Eu vou te dizer que eu experimentei tudo com que circunda abuso. Quero dizer, havia um milhão dessas circunstâncias. Que diretor precisa que uma criança de 13 anos vá ao Chateau [hotel de luxo] para fazer uma audição em um quarto, sentada em uma cama? Você simplesmente não cria esse cenário. Houve um comportamento que foi definitivamente o pior tipo de comportamento e que de alguma forma eu me livrei ou alguém fez isso por mim.

A atriz faz parte do elenco da premiada série Big Little Lies, que neste ano ganha uma segunda temporada. Laura também se prepara para atuar em uma nova série da HBO, chamada The Dolls.

Leia também: 

Silvio Santos comenta assédio à Cláudia Leitte: “Eu fui sincero”

Atriz de “Orange Is The New Black” afirma que Geoffrey Rush a assediou sexualmente

Ex-paciente de João de Deus, Bárbara Paz se manifesta sobre denúncias