Memórias do Box: A visita de Leonel Brizola

Político visitou Florianópolis em 2002

Foto: Arquivo pessoal

Nos meus 34 anos de trabalho no Mercado Público de Florianópolis, assisto ao desfile diário de pessoas comuns e personalidades, mas nenhuma colocou tanta gente no nosso espaço como Leonel Brizola. Isto aconteceu no dia 23 de fevereiro de 2002, quando veio para o casamento do seu neto na cidade de Imbituba e aproveitou para nos visitar.

Na conversa maravilhosa e divertida ao pé do ouvido, entre outras coisas, contou-me que depois do sofrimento no exílio, da volta para o Brasil e a conquista do governo do Rio de Janeiro, começou a receber visitas de antigos amigos que o abandonaram nas épocas difíceis. Alguns deles diziam: “Leonel, que prazer te reencontrar depois de 20 anos”. E ele respondia: “O prazer é enorme, mas agora que você viu que estou bem, que tal nos reencontrarmos novamente daqui a 30 anos. Não é verdade!?” (com o forte sotaque gaúcho).

Leia mais:

Memórias do Box: os galos de Meyer Filho

Memórias do Box: Guga, o nosso embaixador

Memórias do box: Quando Astor Piazzolla aprendeu a fazer caipirinha