Livro revela a história de um dos mais importantes grupos de teatro de Santa Catarina

Lançamento do livro “A Inquieta Poética da Busca” celebra 25 anos da Téspis Cia. de Teatro

Téspis (Foto: Nelson Robledo/Divulgação)

No ano em que a Téspis Cia. de Teatro, de Itajaí, completa 25 anos, o ator e jornalista Jônata Gonçalves apresenta seu primeiro livro, que conta a história desta que é uma das principais companhias teatrais de Santa Catarina. A Inquieta Poética da Busca: um olhar sobre o corpo no corpo da Téspis Cia. de Teatro traz reflexões sobre o fazer teatral da Téspis e, principalmente, o uso da corporalidade como linguagem cênica, uma das características marcantes do grupo itajaiense.

O livro estará em breve disponível para leitura em bibliotecas de Itajaí, Florianópolis e diversas unidades do Sesc do Brasil. Já o ponto de venda é na Itajaí Criativa – Residência Artística, ao valor de R$ 20.

O cenário teatral itajaiense é um dos mais pulsantes no estado de Santa Catarina e A Inquieta Poética da Busca é uma das obras literárias que se destinam a pesquisar coletivos teatrais do Estado. Por isso, o livro é leitura obrigatória para àqueles que querem conhecer mais sobre a história e produção teatral catarinense.

— O livro contempla a trajetória da Téspis e também traz questões técnicas do trabalho do ator. Acredito que o grande serviço que esta obra presta é que ao narrar a história artística da Téspis também se contempla a própria história do teatro de Itajaí e de Santa Catarina — comenta o autor Jônata Gonçalves.

Para ilustrar o lançamento do livro, o autor e jornalista produziu também uma entrevista – documentário:

Sobre o autor

Jônata Gonçalves da Silva é jornalista, graduado pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali), e mestre em teatro pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). Possui livre formação de ator, tendo iniciado suas atividades em 1998 com o grupo Anchieta Artes Cênicas (Itajaí/SC) e participado de outros coletivos, como Trupe Sonora Casa de Orates, Ilustríssimos Senhores e Téspis Cia. de Teatro.

Foi apresentador e âncora do jornal Repórter Univali, na Rádio Univali FM, fez parte da equipe de Departamento de Programas e Projetos Culturais da Fundação Cultural de Itajaí e assessor de direção do Teatro Municipal de Itajaí. Integrou a comissão organizadora do II Festival Brasileiro de Teatro Toni Cunha e foi coordenador geral em sua terceira edição.

Jônata Gonçalves
Jônata Gonçalves (Foto: Divulgação)

Leia também:

Espetáculo de dança reúne 220 bailarinos que apresentarão 36 coregrafias em Florianópolis