A difícil arte de respeitar o outro: por que lugares exclusivos para casais ou proibidos para animais ainda causam polêmica

Há cerca de um ano a brincadeira feita por um restaurante de São Paulo causou o maior "bafáfá" nas redes sociais. A placa dizia: “Aqui seu cão é bem vindo!!! Mas crianças favor amarrá-las ao poste"

lugares
Foto Reprodução Instagram

Há cerca de um ano a brincadeira feita por um restaurante de São Paulo causou o maior “bafáfá” nas redes sociais. A placa dizia: “Aqui seu cão é bem vindo!!! Mas crianças favor amarrá-las ao poste”. A foto viralizou Brasil afora e motivou uma legião de mães a fazerem campanha contra o estabelecimento e qualquer tipo de comércio que restrinja o acesso dos pequenos. Como sou mãe me sinto no direito de opinar e de dizer que não me sinto de forma alguma ofendida com essas limitações.

Quando vou sair com meus pequenos, e estou ciente que criança às vezes faz barulho, opto por lugares que tenham uma estrutura e perfil adequados, como aqueles com espaço kids. É até uma forma de valorizar esse tipo de estabelecimento. Fico feliz que cada vez mais empreendedores estejam investindo nisso.

Por outro lado, e felizmente, também tenho aqueles raros dias de folga dos filhos, quando quero fazer um programa romântico a dois. Nessas horas opto por um local onde preferencialmente não tenha crianças (é meu dia de folga!). Nem por isso considero esse meu ato discriminatório. É apenas uma opção, simples assim. Existem lugares que combinam mais com programas em família e outros que são feitos sob medida para um casal, como acontece em várias pousadas. Já fui em hotel boutique que não aceita criança, e entendo perfeitamente que o glamour desses ambientes não combina com pequenos pulando na piscina de borda infinita.

Podemos falar o mesmo sobre os lugares pet friendly. Que legal que alguns restaurantes aceitam bichinhos, mas vamos respeitar aqueles que não entendam isso como ideal. Sem frescura, sem rancor, sem ódio disseminado nas redes sociais. Essa é a minha opinião. E você, o que acha?

Leia também: 

Marcos Piangers e o estilo de vida da família mais pop do Brasil

Diário de mãe: a importância e as dificuldades da amamentação

Thalita Meneghim promove segunda edição de aniversário

Experiência gastronômica de Santa Catarina para o mundo