Luiza Brunet diz que está sendo ameaçada de morte

"Vou te mandar espancar, mando te matar e esconder seu corpo, ninguém acha", escreveu a pessoa suspeita para a ex-modelo

Luiza Brunet voltou ao Brasil após uma temporada na Suíça. Foto: Fernando Louza / CLAUDIA

A ex-modelo Luiza Brunet, após passar uma temporada na Suíça, está de volta ao Brasil e disse que está sendo ameaçada de morte. A celebridade revelou capturas de mensagens recebidas via caixa direta pelo Instagram e que já tomou medidas cabíveis. As informações são do jornal O Globo.

Em 2016, Luiza foi atacada pelo ex-marido Lírio Parisotto e teve quatro costelas quebradas. Desde então, tem sido acusada de interesseira por diversas seguidoras.

— Fui chamada de vagabunda, piranha, trambiqueira. E, principalmente, pelas mulheres. Depois de quatro costelas quebradas, um olho estourado e o psicológico destruído, fui agredida por elas. Movi ação contra duas que pesaram mais pesado e estou sendo ameaçada de morte.  — disse.

Na conversa com o Globo, Luiza mostrou trechos da conversa. “Pare de falar dele ou no nome dele ou vai ter problemas comigo. Mando te matar, sem dó, gente eu tenho para isso. Vou te mandar espancar, mando te matar e esconder seu corpo, ninguém acha”, escreveu a pessoa suspeita.

Segundo a artista, ainda não há novos avanços na investigação para tentar descobrir quem teria sido a autora das mensagens.

Leia também: 

Há dois anos sem beijar na boca, Luiza Brunet afirma: “Prefiro ficar vendo série”

ONU revela qual é o lugar mais perigoso para mulheres