Criar experiências positivas durante as refeições pode melhorar a alimentação das crianças

Para Gabriela Kapim, apresentadora do programa Socorro! Meu filho come mal, da GNT, esse momento em família é importante para a nutrição dos pequenos.

Gabriela Kapim. Foto Divulgação

Legumes frescos e coloridos, uma colher de amor e uma pitada de diversão são o suficiente para transformar as refeições das crianças em momentos mágicos e inesquecíveis. A imaginação dos pequenos é fértil e, o brócolis, por exemplo, – que nem todo mundo gosta -, se transforma em uma arvorezinha saborosa, aterrissando em um paladar pronto para descobrir gostos, cores e texturas.

Para Gabriela Kapim, apresentadora do programa Socorro! Meu filho come mal, contar histórias, criar personagens, trocar experiências e vivências com os pequenos durante as refeições pode fazer com que eles olhem para as verduras, frutas e legumes de outra forma e, assim, tenham uma alimentação muito mais saudável.

Conhecida pelas dicas e cuidados com a alimentação infantil, a nutricionista chega a Florianópolis nesta semana para a palestra 5 Mandamentos para uma boa alimentação, que faz parte da programação de Dia das Mães do Shopping Iguatemi.

Confira a entrevista:

As crianças brasileiras se alimentam mal? Quais atitudes dos pais que podem interferir na alimentação dos filhos pequenos?

Sim, estamos com um índice de quase 30% da população infantil brasileira acima do peso, com com obesidade. Isso, sem dúvida, é um reflexo de má alimentação. E quando falamos de crianças, os pais são os responsáveis e, como responsáveis, o primeiro passo é serem bons exemplos.

O que não pode faltar no prato das crianças?
O que não pode faltar no prato de ninguém são as cinco cores. Uma alimentação colorida e variada, significa uma dieta rica em nutrientes variados, promovendo saúde e bem-estar.

 

Que dicas seguir para garantir uma alimentação mais saudável?

Garanta a ingestão diária de frutas, legumes e verduras. sem esses ingredientes não tem como se ter uma alimentação saudável. O ideal é a gente descascar mais e desembalar menos.

O que evitar na hora das refeições?

Na hora das refeições é bom evitar usar eletrônicos: celular, tablet, televisão.
Aproveitar o momento das refeições para se olhar e trocar experiências e vivências do dia. Isso aumenta o vínculo entre os familiares, trazendo também, uma melhor qualidade na alimentação da família toda.

Gabriela Kapim trabalha com o público infantil desde 1999 e apresentou mais outros programas pela GNT: Cozinha colorida da Kapim e, em 2018, Socorro! Meus pais comem mal. No ano passado, a nutricionista também lançou o livro Socorro! Meu Filho Come Mal. Receitas Para Pais e Filhos.

Serviço

Palestra 5 Mandamentos para uma boa alimentação, com Gabriela Kapim
Quando: 8/5, 15h
Onde: Piso L2 – Shopping Iguatemi (Av. Madre Benvenuta, 687, Santa Mônica, Florianópolis).
Quanto: gratuito – limitado à capacidade do local
Inscrições no site: https://sympla.com.br/diadasmaesiguatemi

 

Mais de alimentação:
Enxaqueca: uma dieta balanceada pode ajudar você a reduzir e evitar as crises
Veja os cuidados que os pais precisam ter na formação dos hábitos alimentares da crianças
É possível prevenir a obesidade infantil? Veja dicas para garantir a saúde do seu filho
Alimentação da mãe durante a gravidez ajuda a determinar o paladar e o olfato do bebê