Vaquinha online ajuda menino baiano de nove anos a estudar balé no Bolshoi, em Joinville

A seleção de Jonathan para o Bolshoi foi tão concorrida quanto o vestibular para Medicina: 120 candidatos para cada vaga só na primeira fase

Jonathan no Bolshoi (Foto: Reprodução)

Jonathan de Araújo, de nove anos, morador do bairro São Gonçalo do Retiro, na periferia de Salvador, na Bahia, foi um dos aprovados para entrar na Escola de Teatro Bolshoi, em Joinville — a única filial do famoso teatro fora da Rússia. A mudança dele e da família para Santa Catarina, onde ele fará um curso de oito anos, foi viabilizada pela Associação Classista de Educação e Esporte da Bahia (Aceb) e por voluntários, que participaram de uma vaquinha virtual que buscou recursos. A meta era arrecadar R$ 10 mil, mas os valores já ultrapassam R$ 18 mil.

A partir de uma reportagem de TV, a Aceb se mobilizou para realizar uma série de ações com o objetivo de arrecadar os recursos financeiros necessários para as passagens aéreas, a moradia e a manutenção do menino e de parte de sua família na nova cidade. O pai de Jonathan, Josué dos Santos, é policial militar. A mãe, Denize, está desempregada. O menino tem dois irmãos.

A seleção de Jonathan para o Bolshoi foi tão concorrida quanto o vestibular para Medicina na Universidade Federal da Bahia (UFBA): 120 candidatos para cada vaga só na primeira fase, quando foram avaliadas a postura, a habilidade física e a musculatura. Para participar da segunda fase, realizada em Joinville, o pai precisou fazer um empréstimo.

Jonathan com os membros da entidade que o ajudou (Foto: Aceb/Divulgação)
Jonathan com os membros da entidade que o ajudou (Foto: Aceb/Divulgação)

— Minha esposa vai procurar um emprego quando chegar lá, vamos nos estruturar com fé em Deus, mas com nossos recursos atuais não teríamos como manter minha esposa e minha filha mais velha, que vai ter que se mudar também para Santa Catarina. Toda ajuda é bem-vinda — declarou Josué.

No dia 21 de janeiro, Jonathan precisa estar morando em Joinville. Ele e sua irmã mais velha já estão matriculados em escolas estaduais da cidade catarinense.

Para participar da vaquinha virtual e contribuir com qualquer valor para realização do sonho de Jonathan, clique aqui. A história repercutiu nacionalmente no jornal O Globo.

Leia também:

Gari de SC faz desenhos na areia para conquistar sorrisos