Michael Kors anuncia compra da Versace em acordo bilionário

A ideia é criar um conglomerado de luxo

Michael Kors e Versace
Foto: AFP

Mudança no mundo da moda! O grupo americano Michael Kors oficializou nesta terça-feira, 25, a compra da casa italiana Versace, avaliada em 1,83 bilhões de euros.

A ideia é criar um conglomerado de luxo! No ano passado, o grupo adquiriu a empresa de calçados e bolsas Jimmy Choo.

“A aquisição da Versace é uma etapa importante para o nosso grupo e, com nossos recursos, acreditamos que a Versace crescerá para ultrapassar US$ 2 bilhões em faturamento”, disse o diretor executivo da Michael Kors, John Idol, em um comunicado.

Entre as metas está aumentar o número de lojas da Versace de 200 para 300, além de expandir a receita obtida com acessórios e sapatos de 35% para 60% do total.

“Acreditamos que a força das marcas Michael Kors e Jimmy Choo e a aquisição da Versace nos posicionam para proporcionar vários anos de crescimento de receita e lucros”, afirmou Idol.

Fundada em 1978 pelo designer Gianni Versace e seu irmão Santo, a Versace é um ícone da moda italiana com coleções de luxo e muito ousada. Após o assassinato de Gianni em 1997, a marca passou por anos difíceis, mas recuperou seu prestígio nas mãos de Donatella.

As vendas do grupo cresceram entre 2009 e 2016, passando de 268 milhões de euros para 668,7 milhões, antes de estagnar em 2017.

Renomada marca nos Estados Unidos, a Michael Kors foi criada em 1981 por Michael Kors, 59 anos, que ainda é seu diretor criativo.