Miss América 2019 não terá desfile com roupa de banho

Mudança foi feita devido a muitas jovens não terem interesse em desfilar de salto alto e maiô

Foto: AFP

O concurso Miss América a partir de sua próxima edição, em 2019, não terá mais competição entre as candidatas vestindo maiô, nem biquíni. A nova presidente do conselho de administração da organização e Miss América 1989 Gretchen Carlson fez o anúncio da mudança no Good Morning America nesta terça-feira (5).

— Nós não somos mais um desfile. Somos uma competição. Não vamos mais julgar nossas candidatas por sua aparência física. Isso é enorme — disse no programa.

Eles também repensaram a parte da competição em que as candidatas vestem um vestido de gala. As participantes deverão usar roupas que as façam sentir-se confortáveis ​​e confiantes – uma expressão de seu próprio estilo pessoal.

 

A presidente explicou que a mudança foi feita devido a muitas jovens afirmarem ter vontade de participar do programa mas não terem interesse em estar lá de salto alto e maiô.

— Quem não quer ser empoderado, aprender habilidades de liderança, pagar pela faculdade e ser capaz de mostrar ao mundo quem você é como uma pessoa de dentro da sua alma. É isso que estamos julgando agora.

Leia mais:

É do Amazonas a Miss Brasil 2018!

Monalysa Alcântara: negra, nordestina, empoderada e miss