Morgan Freeman é acusado de assédio sexual por oito mulheres

Foto: Brendan Smialowski/AFP

O ator Morgan Freeman, de 80 anos, foi acusado de assédio sexual. Segundo reportagem publicada pela CNN, oito mulheres se disseram vítimas do ator e outras oito teriam testemunhado seus comportamentos inapropriados.

O ganhador do Oscar de melhor ator coadjuvante por Menina de Ouro (2004) foi acusado de, entre outras coisas, tentar levantar a saia de uma assistente de produção do filme Despedida em grande estilo, que também tinha Michael Caine e Alan Arkin no elenco. A jovem disse à CNN que o ator ainda costumava perguntar se ela estava usando calcinha.

Outra mulher que trabalhou na produção do filme Truque de mestre afirmou que Freeman fazia comentários sobre o corpo dela e de outra assistente.

— Ele fez comentários sobre os nossos corpos. Nós sabíamos que se ele viesse (ao estúdio) não poderíamos usar nenhum top que mostrasse nossos seios — disse a mulher.

Além de casos de assédio sexual, a reportagem também traz episódios em que o ator teria sido machista e sexista. Todas elas afirmaram que ele fazia as mulheres se sentirem desconfortáveis no ambiente de trabalho, com comentários inapropriados feitos em público. Segundo as denunciantes, ninguém revelou antes os assédios porque temiam perder seus empregos.

Aos 80 anos, Morgan Freeman é um dos mais premiados atores de Hollywood. É conhecido por seus trabalhos em diversos filmes como Conduzindo Miss Daisy (1989), Os Imperdoáveis(1992) e Menina de Ouro (2004), pelo qual venceu o Oscar de melhor ator coadjuvante. A CCN informa que tentou entrar em contato com a equipe do ator, mas não teve sucesso

Leia mais:

Alice Wegmann após assédio em rede social: “Entendem porque não é mimimi?”

Emma Watson doa mais de R$ 4 milhões para fundação contra o assédio sexual