Morre “Capitán”, cão que visitou o túmulo do dono por 10 anos

Foto: Reprodução

Morreu na última segunda-feira (19) “Capitán”

Via GAUCHAZH

O cachorro que durante quase 11 anos velou o túmulo de seu dono, Miguel Guzmán, na cidade argentina de Villa Carlos Paz, na província de Córdoba.

O presente-surpresa que Miguel deu ao seu filho Damián em 2005. No ano seguinte, no entanto, Miguel morreu e o animal desapareceu da casa da família, que achou que o cachorro havia se perdido ou sido atropelado.

Ao visitar o túmulo de Miguel meses depois, os familiares encontraram “Capitán” no cemitério municipal de Villa Carlos Paz. Ele havia seguido os rastros do dono e passado a viver ali. De acordo com o diretor do espaço, Héctor Baccega, o animal adotava uma espécie de ritual de fidelidade e diariamente, às 18h, visitava o túmulo onde seu dono foi enterrado.

“Capitán” tinha 16 anos e estava muito doente. Sofria de insuficiência renal crônica e nos últimos dias de vida quase não conseguia mais caminhar.

As entidades protecionistas de Córdoba pedem que ele seja enterrado junto ao dono. O Conselho de Carlos Paz, no entanto, propõe cremá-lo, sepultar seus restos e construir um monumento em sua homenagem. O projeto deve ser debatido em sessão, por se tratar de um espaço público.