“Febre” nos anos 2000, Motorola V3 deve ser relançado com tela dobrável

A expectativa é de que o aparelho tenha duas telas e custe cerca de US$ 1,5 mil, o equivalente a mais de R$ 5,5 mil

Modelo foi queridinho nos anos 2000. Foto: Motorola / Divulgação

Um dos celulares mais queridinhos da história deve voltar ao mercado. Ícone no quesito design no início dos anos 2000, o Motorola Razr V3 deve ser relançado em parceria com a operadora Verizon. O anúncio oficial do retorno do aparelho deve ser feito em fevereiro, nos Estados Unidos, e a chegada ao mercado deve ocorrer durante a Mobile World Congress 2019, em Barcelona, na Espanha, afirmou o jornal americano Wall Street Journal.

A grande novidade é que o mobile terá tela dobrável. A expectativa é que o visual do antigo modelo permaneça, mas a parte que correspondia ao teclado deve ser substituída por uma segunda tela. Assim, o celular continuaria sendo de flip — dobrável ao meio — mas com dois displays.

O preço do dispositivo deve ficar em torno dos US$ 1,5 mil, aproximadamente R$ 5.580, e a ideia é fabricar cerca de 200 mil unidades do aparelho.

Conforme o periódico americano, outras fabricantes estão prevendo o lançamento de dispositivos dobráveis para este ano. Samsung, LG, Xiaomi e Oppo planejam entrar no mercado com modelos parecidos.

Sucesso nos anos 2000, o V3 vendeu mais de 130 milhões de unidades no mundo inteiro. O celular era considerado fino e moderno para a época, mas perdeu espaço com a chegada de dispositivos com sistema sofisticado, caso do primeiro iPhone.

Leia também: 

WhatsApp deixa de funcionar em alguns celulares antigos; confira a lista

Nokia 106: jogo da cobrinha e bateria de 21 dias; veja o que oferece o novo celular simples

Usar o celular no escuro não causa câncer nos olhos