Mulher de 102 anos se torna a paraquedista mais velha do mundo

Irene O'Shea saltou de uma altura de 4,3 mil metros

O salto aconteceu no sábado (7), em Adelaide, na Austrália
Divulgação / SA Skydiving

Com 102 anos, Irene O’Shea quebrou um recorde e se tornou a paraquedista mais idosa do mundo após um alto de 4,3 mil metros de altura. O salto aconteceu no sábado (7), em Adelaide, no sul da Austrália.

Irene gosta de se aventurar e realizou o primeiro salto de paraquedas em 2016, no mesmo dia em completou a marca dos 100 anos de idade. Mas foi só em 2018 que ela se tornou uma recordista e entrou para o livro dos recordes. De acordo com os organizadores, Irene se tornou a paraquedista mais idosa do planeta, com 102 anos e 194 dias.

— O céu estava aberto e foi um bom dia, apesar de ter passado muito frio — declarou após a queda a 220 km/h.


Aproveitando a atenção que recebeu pelo fato de ter quebrado um recorde, Irene decidiu lançar uma campanha de arrecadação de fundos para uma organização beneficente que realizada pesquisas para encontrar a cura de uma doença motora que foi responsável pela morte de sua filha há 10 anos.

Recorde anterior

Antes de Irene realizar o feito e se tornar a idosa mais velha do mundo a saltar de paraquedas, o título pertencia a Bryson William Verdun Hayes, um veterano do Dia D da II Guerra Mundial. De acordo com o jornal The Guardian, Hayes realizou seu salto em maio de 2017, quando tinha 101 anos e 38 dias.

  • AFP

Leia também:

Gato cego ajuda idosos durante tratamento para o câncer

Papai Noel deita no chão para atender menino autista em shopping de Santa Catarina