Música clássica e eletrônica juntas? Camerata e Elekfantz apresentam parceira inusitada em Florianópolis

O show, que estreou em 2014, está de volta nesta sexta-feira, com desconto para sócio do Clube NSC

Elekfantz e Camerata
Foto: Divulgação

A Camerata Florianópolis já ganhou fama por suas inusitadas misturas musicais. Entre os shows recentes da orquestra, estão parceiros como Lenine e Dazaranha. Mas a união entre a música eletrônica dos duo Elekfantz com o refinamento dos timbres é talvez a mais ousada e com resultado mais surpreendente. O show, que estreou em 2014, está de volta nesta sexta-feira. O concerto ocorre no Teatro Ademir Rosa, no Centro Integrado de Culta (CIC), em Florianópolis.

— A novidade do show é que desta vez trocaremos as pistas das casas de espetáculos para o ambiente do teatro, onde o público poderá apreciar com mais clareza e qualidade todas as nuances e coloridos dos arranjos especialmente elaborados pelos DJs Daniel Kuhnen, Leo Piovezani e pelo compositor Alberto Heller — destaca o maestro Jeferson Della Rocca, acentuando que “algumas novidades foram preparadas, inclusive do mais recente álbum da dupla”.

O repertório do espetáculo é composto por composições do duo Elekfants e algumas músicas do DJ Gui Boratto, com versão para orquestra de cordas feitas por Alberto Heller. A regência é de Jeferson Della Rocca, maestro e fundador da Camerata Florianópolis, que completa 25 anos em 2019.

A ideia da junção da orquestra com a música eletrônica, segundo o maestro, já tem quase 10 anos. Ela surgiu em 2010, durante um show de uma edição do Acústico Brognoli (“Do clássico ao eletrônico”), no qual Daniel Kuhnen tocou duas músicas de Gui Borato. O público aplaudiu de pé, a gravação foi parar no YouTube e teve milhares de visualizações. Era o que precisava. A partir dali, começaram os trabalhos para organizar o encontro e ele ocorreu quatro anos depois, em 2014.

— Até então, alguns DJs já haviam participado de apresentações de orquestras, mas a questão de ter música eletrônica autoral, tocada e cantada por seus compositores com arranjos de orquestra, era completamente nova — lembra o maestro sobre os primeiros shows com os DJs.

Serviço

Dia 19/10, 20h

Camerata e Elekfants

Quanto: A partir de R$ 66. Desconto de 20% para sócio do Clube NSC e acompanhante na compra do ingresso antecipado no site Blueticket.

Onde: Teatro Ademir Rosa – CIC (Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5.600, Agronômica, Florianópolis)

Leia também:

Marília Mendonça, Fernando e Sorocaba e Tribalistas fazem shows em dezembro em SC

Festival traz João Bosco, Hamilton de Holanda, Sandra de Sá, e reúne mais de 20 bandas em Floripa