Encontro reúne usuários do Musical.ly, rede social que mais bomba entre os teens

Bruna Heineck de Vasconcelos da Silva, de 12 anos, é uma das "musers". Foto: Reprodução

Bruna Heineck de Vasconcelos da Silva, de 12 anos, é uma das “musers”. Foto: Reprodução

A rede social mais em alta entre crianças e adolescentes não é o Facebook, o Youtube, o Snapchat e nem o Instagram. O que vem bombando mesmo entre a garotada de 6 a 14 anos é a chinesa Musical.ly, que tem mais de 200 milhões de usuários pelo mundo. Focada em entretenimento, a plataforma permite a criação e o compartilhamento de vídeos curtos e se tornou uma espécie de comunidade criativa, onde se destaca quem tem mais originalidade, bom humor ou senso estético.

— O mais divertido é que não é apenas uma rede social onde se posta fotos e acompanha os amigos. O Musical.ly tem uma parte artística que o diferencia dos outros apps. A gente tem que ter criatividade para criar vídeos, inventar produções, efeitos, atuar, fazer transmissões ao vivo — conta Bruna Heineck de Vasconcelos da Silva, a @brunahvs, que tem 12 anos, mora em Florianópolis e tem mais de 52,6 mil fãs na rede.

A mecânica do app é simples e parecida com a do Instagram. Basicamente, as pessoas podem postar vídeos de até 15 segundos, como mini esquetes, covers e, principalmente, dublagem de músicas famosas. E, assim como em outras plataformas, algumas pessoas acabam ficando famosas e angariam milhares de seguidores. Neste sábado (12), Florianópolis recebe um Encontrinho de Musers, como são chamados os usuários da rede social, com participação de sete influenciadoras digitais do mundo infantil que fazem sucesso no aplicativo.

O evento será no vão central do Beiramar Shopping, a partir das 15h, e vai reunir, além de Bruna, as influenciadoras mirins catarinenses Anita (@omundodeanita), Helena (@helenatestoni), Malu (@malualtmann), Marina (@madridz), Sofia (@sofiafurlani) e Tammy (@tammyschlatter). As meninas vão participar de um bate-papo, sessão de fotos e autógrafos com os seguidores. O encontro é gratuito, mas é preciso retirar senhas previamente na loja Lilica Ripilica, no piso L2 do shopping.

Foto: Reprodução

Para Bruna, quem quiser se destacar no aplicativo e aparecer no ranking diário de “corações” – como são chamados os “likes” – tem que ser criativo e estar ligado no que os outros usuários também estão fazendo na rede:

— Você tem que criar suas próprias idéias, inovar, fazer vídeos novos todos os dias, diferentes e com efeitos legais, pois é isso que vai fazer você se diferenciar das outras pessoas. Mas além de ser criativa, é legal prestar atenção também nas hashtags que são postadas todo dia, para saber o tipo de tema que está fazendo sucesso naquele momento no aplicativo — opina.

Leia mais:

Site vende fotos para quem quer mostrar glamour nas redes sociais

Alexandre Pato paga tratamento de câncer da influencer Nara Almeida

Grandes marcas caem em “golpe” de influenciadores no Instagram