“Nada a Perder” entra na lista dos 100 piores filmes da história

No ranking do IMDB, o longa inspirado na história de Edir Macedo está com a nota 2,4. Foto: Reprodução

A cinebiografia de Edir Macedo, Nada a Perder, entrou na lista dos 100 piores filmes da história do cinema, de acordo com o ranking do site IMDB, especialista na sétima arte e um dos mais populares do gênero.

O filme brasileiro está na 50ª posição da lista nesta segunda-feira (21). Acompanham a produção da Igreja Universal fracassos de bilheteria como A Reconquista, com John Travolta, em 63º, e Super-Heróis: Liga da Injustiça, que faz paródia do longa do universo DC Comics, em 16º. No pódio do ranking, estão Bebês Geniais 2: Super Bebês (3º), Saving Christmas (2º) e o obscuro filme turco Kod Adi K.O.Z. (1º).

O IMDB existe desde 1990 e contém mais de 86 milhões de usuários cadastrados. O portal vem se estabelecendo como um dos mais populares da internet sobre cinema. Mas o sistema que soma as menores notas para colocar no ranking dos piores filmes da história apenas conta com cadastros que utilizam frequentemente a ferramenta de cotação, o que diminui o risco de fraudes.

Em abril, os produtores de Nada a Perder comemoraram a classificação de 100% positiva no IMDB em outra lista, que conta todas as votações que o filme recebeu. Na avaliação geral, a nota do longa atualmente é de 7,1. Após algumas denúncias que acusaram a produção de utilizar robôs para aumentar a classificação do filme – o longa teve questionáveis 15 mil avaliações 100% positivas em poucos dias -, o portal fez uma limpa em cadastros fakes.

No Brasil, Nada a Perder conquistou no início do mês o título de maior bilheteria da história, com mais de 11.446 milhões de ingressos vendidos. Entretanto, em várias capitais as sessões estavam vazias.

Leia mais:

Benedict Cumberbatch diz que não vai atuar em produções que pagam menos para mulheres

Cate Blanchett dá seu recado sobre igualdade de gênero no cinema

Jane Fonda, aos 80 anos, diz que não faz mais sexo