Nicki Minaj x Cardi B: entenda toda a briga entre as rappers norte-americanas

Confusão entre artistas começou ainda em 2017

Nicki Minaj e Cardi B foram flagradas em briga durante o New York Fashion Week

Por: JÚLIO BOLL

Os ânimos entre as rappers Nicki Minaj e Cardi B esquentaram no último final de semana. Durante o New York Fashion Week, as duas artistas foram flagradas em uma briga com direito a atiração de saltos e até galo na cabeça, gerando uma série de discussões entre os fãs nas redes sociais. No entanto, o confronto é de longa data.

Conforme apuração de sites estrangeiros, como o TMZ, Nicki e Cardi B já mandam indiretas desde, pelo menos, março de 2017. Seria a obsessão da cantora de Super Bass em manter seu reinado no hip-hop? Ou Cardi B que não supera situações que já foram bem explicadas? As duas teorias fazem um pouco de sentido.

O começo

Em março de 2017, Cardi B publicou um vídeo fazendo um freestyle de um minuto no Instagram, e um fã conseguiu capturar uma imagem em que Nicki Minaj curte o comentário de um usuário que tirou sarro do resultado final. A reação, é claro, sumiu horas depois. No entanto, em junho do mesmo ano, a rapper Remy fez uma performance da faixa  Shether contra Nicki Minaj com uma foto atrás dela. Cardi B participou do mesmo show, o que já deixou Nicki incomodada.

Dois meses depois, em tom de crítica, Nicki lançou a faixa No Flags, que trouxe versos polêmicos: “Vadiazinha, ouvi dizer que essas gravadoras estão tentando fazer outra de mim / Tudo o que você tem putinha é por minha causa / Ouvi dizer que estou te impedindo de ganhar grana, um salve pro Shaggy, não foi eu / Essas vadias são minhas filhas, mas os pais delas não gozaram em mim / Sou uma vadia vencedora e você está no banco de reserva, vadia”. Os fãs mais ligados, é claro, acreditaram que uma indireta para Cardi B, o que foi negado logo em seguida.

Em setembro, ainda no calor das acusações, Cardi gravou uma canção com G-Eazy, que dizia “você pode parar com todos os subs? / Bitch, eu não sou Jared”. Mais uma vez, os rumores foram negados.

O embate direto (real e oficial)

As indiretas em lançamentos seguintes não pararam por aí. E pior: ainda em setembro do ano passado, a briga começou a ganhar publicações direcionadas. Cardi B lançou Bodak Yellow, garantiu o posto de segunda rapper feminina a ser número 1 nas 100 canções mais populares da Billboard e… Nicki Minaj não ficou quieta.

A rapper mandou os parabéns pelo Twitter:

“Parabéns para a nova seguidora pela canção quebrado de recordes. Bardi, essa é a única coisa que importa. Aproveite!”

O que ninguém esperava é que a próxima novidade do hip-hop norte-americano seria uma parceria das duas: Migos lançou Motorsport, com participações de Nicki e Cardi B. Nos refrãos, os fãs acreditaram que elas estavam duelando de fato. Enquanto Cardi manda “Essas putas não são o que elas dizem que são”, Nicki responde com “Ei, aí, cuida bem do teu macho, e cuidado com a sua boca”. As artistas, mais uma vez, negaram a troca de farpas.

A confusão, no entanto, ganhou um pouco de clareza após o lançamento do videoclipe: as duas gravaram as participações em dias separados. Cardi B, questionada por uma rádio sobre isso, ficou sem graça e entregou que os versos originais de Nicki eram bem diferentes do combinado previamente.

Irritada, Nicki Minaj não deixou quieto nas redes sociais e fez um tuíte mandando aquela direta:

“A coisa mais louca que você pode ser é ingrata. Dê graças.”

Adeus ano velho, feliz treta nova

Mesmo com as diretas lançadas, o tempo foi o melhor remédio, conforme o velho ditado popular. No entanto, em abril de 2018, Cardi B voltou com tudo ao lançar o disco Invasion of Privacy, garantindo-lhe o topo da Billboard novamente. Em entrevista ao site especializado Beats 1, a queridinha das paradas musicais naquele momento fala que a briga é “uma invenção da internet” e que “as pessoas querem que isto aconteça porque é divertido”.

Quando tudo parecia bem, Nicki Minaj soltou o verbo. Uma semana depois das novidades de Cardi B, Nicki lançou dois novos singles — Chun-Li e Barbie Tingz — e aproveitou as entrevistas de divulgação para falar do rancor que tinha desde Motorsport, quando foi acusada de mudar a letra:

—  Isso realmente me machucou porque a única coisa que ela ficava dizendo era: “Eu não ouvi esse verso, ela mudou seu verso”. Eu meio que me senti emboscada — disse ao Beats 1.

No mesmo dia, no entanto, o verso original de Motorsport acabou vazando nas redes sociais, dizendo “Eu estou com algumas putas ruins que vão acabar com a festa / Se Cardi é QB, eu sou Nick Lombardi”. Para resolver a confusão, Nicki foi ao Twitter se justificar:

“Como você pode dizer que alguém mudou seu verso e esquecer de dizer Quavo me disse para retirar a minha parte (que eu amei) e Atlantic me disse para remover o seu nome do meu verso por sua solicitação? Então, como essas mudanças aconteceriam se eu não “mudasse” meu verso?”

Paz e amor? Não mesmo

A confusão estava mais do que clara para os fãs e, naquele momento, parecia que a briga iria pegar fogo. Porém, quando os tapas pareciam certos a vir, Nicki e Cardi B provam o contrário: as duas foram ao MET Gala 2018, cumprimentaram-se e até posaram para fotos sorridentes, conversando normalmente. Ali, disseram que tudo foi um mal entendido.

A poeira abaixou até agosto, quando Nicki Minaj lançou o disco Queen. Na faixa de abertura do álbum, Ganja Burns, os fãs estavam certos de que os versos traziam uma indireta para a “arqui-inimiga”: “Ao contrário de muitas dessas putas, seja ultrapassadas ou quentes / Pelo menos eu posso dizer que escrevi todos os rap que cuspi”.

O novo lançamento de Nicki atinge o segundo lugar da Billboard — perdendo somente para Travis Scott — e, em nova entrevista ao Beats 1, a rapper fala que a confusão era evidente, já que Cardi B ” pode ter tido um problema com as coisas que disse, mas que não iria morder  língua …”

— Você tem que ter pele grossa.

O capítulo final?

No último final de semana, durante o  Harper’s Bazaar Icons em Nova York, a briga atingiu seu ápice: Nicki Minaj e Cardi B partiram pra briga, com direito a saltos voadores e até um galo na cabeça. Seguranças precisaram intervir. No Twitter, os vídeos da situação viralizaram entre os usuários (veja abaixo).

Segundo o site  TMZ, pessoas disseram que Cardi B chegou à mesa de Nicki e sua equipe, chamando-a de covarde. As duas foram separadas, mas Cardi não aguentou e atirou um sapato na direção da cantora de Starships. Outras versões contam que Cardi não puxou a briga física, mas que queria jogar limpo “as mentiras de Nicki”.

Veja:

 

#PressPlay : Looks like #CardiB was mad that someone said something about her child 👀

Uma publicação compartilhada por The Shade Room (@theshaderoom) em

 

#PressPlay : Another angle 👀 #CardiB #NickiMinaj

Uma publicação compartilhada por The Shade Room (@theshaderoom) em

Nesta segunda-feira (10), Nicki acabou com o climão e concedeu uma nova entrevista, dizendo que a situação toda foi “mortificante e humilhante”:

— A maneira como eles passaram olhando para essa comoção repugnante, eu nunca vou esquecer. Eu estava mortificada —, disse ela à Variety.

No entanto, a briga parece longe de terminar. Nicki se declarou incomodada como Cardi B trata as mulheres negras em suas letras:

—  Você entrou na minha porr* de cultura. Eu nunca tive que bater em um DJ para tocar minhas músicas. Você chama mulheres negras de baratas. As manas de verdade nunca atacam uma mulher. Você está com raiva e está triste. Isso não é engraçado. Consiga a esta mulher uma ajuda. Esta mulher está no ponto mais alto de sua carreira e está tacando sapatos? Esta mulher está no melhor estágio de sua carreira e está aqui jogando garrafas e sapatos. Quem vai dar a esta mulher uma intervenção? — questiona-se.

Pelo visto, a confusão vai longe.