Nós ensinamos aos nossos filhos o que é ser adulto

Suas ações falam tão alto que a criança não ouve o que você diz que é certo ou errado

Foto: Diogo Sallaberry/Agência RBS

Nós ensinamos aos nossos filhos o que é ser adulto. Se passamos o tempo todo no celular, isso é ser adulto. Se trabalhamos o tempo todo sem parar, isso é ser adulto. Se gritamos uns com os outros e nos desrespeitamos no trânsito, isso é ser adulto.

Suas ações falam tão alto que a criança não ouve o que você diz que é certo ou errado. Seu filho vai imitar aquilo que você faz. Minha filha mais nova é muito apegada a mim e sempre que eu saía pra trabalhar ela queria ir junto. Uma vez, visitando o escritório, perguntou se poderia trabalhar ali. Eu encaminhei a menina para o RH, que disse: “Claro, quando quiser vir, venha!”, brincando. Minha filha respondeu: “Mas qual é a minha mesa? Onde está meu crachá?”.

Nossos filhos serão gente grande um dia. São pequenos pedaços de gente que vão se moldando olhando pra nós. É uma responsabilidade. Sempre que um pai sai pra trabalhar e o filho pergunta: “Porque você tem que trabalhar?”, o pai responde: “tenho que pagar contas”. Ou “tenho que ganhar dinheiro!”. Estamos ensinando aos filhos que a vida é nascer, crescer, pagar contas e morrer.

Alguns pais já jogam a culpa no filho: “tenho que pagar sua escola! Tenho que comprar seus brinquedos!”. Uma mãe, depois de uma palestra em Florianópolis, me contou que respondeu dessa forma. “Meu filho perguntou ‘porque você tem que trabalhar?’ e eu respondi ‘pra pagar o leite da sua mamadeira’. Nesse momento ele me entregou a mamadeira e disse: ‘então eu paro de tomar mamadeira’”.

Só existe uma resposta aceitável, quando nossos filhos nos perguntam por qual razão temos que ir trabalhar: “porque amo meu trabalho”. Experimente responder isso e verá os olhos de seu filho brilhando. “Papai vai realizar o sonho de ser aquilo que sempre quis ser”. “Mamãe vai inspirar pessoas”. “Papai está indo fazer algo que só o papai sabe fazer”. Respostas que ensinam que a vida é nascer, crescer e realizar algo grandioso. Que inspiram nossos filhos a serem mais do que pagadores de conta. Nós ensinamos aos nossos filhos o que é ser adulto. Não tanto pelo que a gente fala, mas pelo que a gente faz.