Com produção catarinense, estreia em maio a primeira novela de youtubers do Brasil

Foto: Divulgação

Novela das nove, com roteiristas da Globo, elenco com milhões de seguidores nas redes sociais e um roteiro que promete arrancar muitas risadas do público. Desenvolvida por uma produtora catarinense, Cuscuzes Apaixonados é a primeira novela de youtubers do Brasil, que estreia na plataforma Youtube em maio. A produção é um projeto realizado pelo canal Galo Frito, que tem mais de 10 milhões de inscritos e mais de 1,7 bilhão de visualizações, e foi gravada em Santa Catarina e também nos estúdios do Youtube Space no Rio de Janeiro.

A história criada por Mederi Corumbá, Juliana Martins e Tiago Cadore é dividida em 13 episódios, escrita em parceria com os roteiristas de novelas da Globo Felipe Flexa e Letícia Dornelles. A direção é de Rodrigo Magal, que foi por muitos anos diretor do canal Porta dos Fundos.

A produção segue a linguagem do canal Galo Frito. O humorista Marcelo Madureira, do Casseta & Planeta, é um dos personagens principais da trama. O elenco fixo do Galo Frito, Mederi, Tiago e Juliana também fizeram parte do projeto como atores.

– Foi um projeto bastante ambicioso e desafiador. Conciliar a agenda de todo o elenco foi um trabalho de logística e pré-produção que durou meses. Foram 25 youtubers, todos com uma agenda bastante ocupada, que fazem shows, estão no teatro. Conseguir a data para gravação foi um processo bem demorado – comenta a blumenauense Juliana Martins, cocriadora do projeto, gerente de execução e atriz.

No elenco a participação dos youtubers e atores como Bruna Louise; Muca Muriçoca; Lucas (canal Inutilismo); Gabi Fernandes, Thalita Meneghim e Rafa Dias (canal Depois das 11); Camilo Borges e Gabriel Totoro (canal Porta dos Fundos); Cezar Maracujá e Mariana Rebelo (canal Parafernalha); Anderson Gaveta; Rizzih; Julia Jubz; Alan Ribeiro, Isaú Jr. e Leonardo David (Canal IXI); Rody Dio e Mr. Lucky (canal La Fênix); Renan Correa (canal 4FitClub); Edu Primitivo; Henrique Leão; Arnaldo Taveira; Mauricio Ozorio e Matheus Canella.

Por telefone, conversamos com Mederi Corumbá, proprietário do Galo Frito, que falou sobre o processo de produção da novela e também sobre o sucesso na plataforma do Youtube.

Foto: Edson Dalazen Júnior/Divulgação

Como surgiu a ideia de fazer uma novela no Youtube?

Quando rolou de ter os 10 milhões de inscritos no canal, voltamos com a ideia de fazer um projeto diferenciado – já tínhamos feito um episódio de 15 minutos com uma sátira de uma novela. Pensamos nisso até para mudar o tipo de programação que estamos fazendo no Galo Frito, esse tempo todo. Lembramos da sátira e resolvemos ampliar a história. Aumentamos para 13 episódios. Fizemos sinopse dos episódios e os roteiristas escreveram o roteiro de fato e fazendo os ajustes para ficar com mais cara de novela. Querendo ou não, a gente nunca fez uma novela na vida, a gente só sabe satirizar. Para ter essa cara bem novelística, foi necessário fazer essa parceria
com os roteiristas.

O elenco conta com a participação de vários youtubers, que somam mais 62 milhões de inscritos, atores e o humorista Marcelo Madureira. Como foi a escolha do elenco?

Eu já conhecia o Marcelo há muito tempo, trabalhei no Casseta & Planeta por cerca de um ano e meio. Eu queria muito ter uma presença ilustre nesse projeto. Foi muito legal a participação dele. O Galo Frito foi um dos primeiros canais a fazer sucesso e o pessoal tem uma grande consideração, tanto por amizade, como pela nossa história, todo mundo topou de cara participar. Foi até mais fácil do que imaginei, porque hoje em dia a agenda de youtubers é complicada.
Cuscuzes apaixonados
Foto: Cristiano Ely/Divulgação

Por conta da agenda do elenco e a logística, a gravação foi feita em poucos dias…

Foram cinco dias no Rio de Janeiro e mais dois dias em Santa Catarina. O primeiro episódio foi gravado aqui, em Balneário Camboriú e Camboriú, em um sitio. No total a novela tem três horas e 15 minutos de duração.

E qual o motivo de transformar esse roteiro em uma novela e não em um filme?

Achamos que a tensão da novela é bacana. Essa coisa de ter pausas: “confira no próximo episódio”, cria uma expectativa. Tanto que os episódios serão lançados no modo estreia do Youtube, é como se exibisse o vídeo ao vivo. Então, a pessoa tem que estar naquele horário para poder assistir ao vídeo em primeira mão. Claro, depois o vídeo fica on line normalmente. Mas quem quiser saber em primeira mão tem que estar ligado no horário, porque abre um chat e as pessoas ainda podem ficar conversando entre elas.

Os episódios serão divulgados diariamente?

Semanalmente. Eu estava pensando em fazer todos os dias, mas estrategicamente acho que isso vai fazer as pessoas terem mais tempo de ver os episódios, comentar e viralizar também. Quem sabe numa segunda temporada eu consiga fazer ele diário. A novela será lançada no mês de maio, em uma Premier, em São Paulo.

Sendo um texto de humor que tem um tempo diferente, teve espaço para os improvisos?

Ah, com certeza. A Bruna Louise que é a vilão da novela, é comediante de standup e ela manda muito bem no improviso, então rolou vários. Deixamos todo mundo bem à vontade. Até por que, querendo ou não, nem todo youtuber que estava participando é ator de fato. O pessoal se divertiu muito, estavam todos em família.

Quando vocês começaram provavelmente o sonho era um dia chegar na TV, mas hoje muitas pessoas fazem o caminho inverso. Como você avalia essa movimentação?

Eu acho que as pessoas têm que abraçar todos os meios de comunicação que elas têm disponível para conversar com o seu público. Não é porque está numa TV que tem que se fechar para todo o resto. Quanto mais você conseguir expor o seu trabalho, ainda mais as pessoas que vivem nesse meio artista, melhor.

Foi essa liberdade de formato e linguagem que tornou a plataforma essa gigante?

Acho que sim. Cada canal é sua própria emissora de TV e a diferença é que a gente tem um contato direto com o público, então isso faz com que seja possível mudar e adaptar para o interesse do público.

 

Sinopse

Cuscuzes Apaixonados prende a atenção e a cada episódio deixa um gostinho de quero mais. Gracinha, personagem interpretada por Mederi Corumbá, é uma doce e ingênua menina vinda do interior, ao chegar no Rio de Janeiro ela é atropelada por Vanderley (Tiago Cadore), empresário bem sucedido e presidente da Império do Cuscuz. É paixão à primeira vista e se inicia nesse momento um caso de amor proibido. Gracinha passa a trabalhar como empregada na mansão de Vanderley, que é casado com Regina (Bruna Louise), uma alpinista social, megera, que não mede esforços e pisa em quem for preciso para subir na vida. Regina passa a desconfiar do envolvimento de seu marido com a adorável Gracinha e maltratá-la, como faz com todos os empregados. Gracinha sofre muito nas mãos da patroa. No Império do Cuscuz, Dante (Camilo Borges), primo ambicioso de Vanderley, tenta convencer Alfred (Marcelo Madureira) – um senhor ranzinza, fundador da empresa –, que ele, Dante, é quem deveria estar no lugar de Vanderley na presidência.

Leia mais:

Catarinense tem o maior canal do Youtube no Brasil sobre intercâmbio

YouTube edita novas regras para barrar vídeos de desafios perigosos