O que são nutricosméticos? Como devem ser ingeridos? Quais os principais ativos de uso oral?

Foto: Pexels

Nutricosméticos são suplementos que preparam o organismo internamente para que assim possamos ter resultados externamente. De acordo com a farmacêutica Melissa Mancini Alcantara, que é mestre em fármacos e medicamentos, quando ofertamos nutrientes adequados à pele, cabelos e unhas, por exemplo, melhoramos a nossa aparência.

– Como o próprio nome já sugere, nutricosméticos unem nutrição e cosmetologia. Então é claro, não funcionam sozinhos. Muito se tem comprovado em estudos recentes que é preciso aliar tratamentos in e out para se ter uma pele linda – destaca a farmacêutica.

Melissa diz ainda que excelentes formulações dermatológicas aliadas a formulações ingeridas (na forma de cápsulas ou sachês) são a combinação perfeita para resultados verdadeiros e duradouros.

Os nutricosméticos reduzem a aparência de linhas e rugas, protegem fibras de colágeno e elastina, clareiam manchas faciais, otimizam equilíbrio e hidratação, melhoram o aspecto de olheiras, melhoram a firmeza e densidade da pele.  Existem também alguns mais específicos, agindo em cabelos, unhas, ou ainda na circunferência abdominal ou no aspecto de celulites.

– Eles são uma promessa a médio prazo de rejuvenescimento. Para isso, devem ser utilizados em dosagem correta, por um determinado tempo e devem ser tomados no horário correto, para garantir a sua finalidade – orienta.

 

Principais ativos de uso oral

A farmacêutica cita abaixo os principais ativos de uso oral abordados recentemente em congressos e publicações:

> Peptídeos bioativos de colágeno: um tipo de colágeno específico para a pele.

> Vitamina C pura enzimática: um tipo de vitamina C que não oxida e apresenta maior biodisponibilidade.

> Ácido ortosilícico estabilizado em colágeno marinho hidrolisado: um tipo de silício orgânico altamente biodisponível.

> Peptídeo antiglicante: atua no processo de glicação, ou seja, no excesso de açúcar no organismo que acelera e muito o envelhecimento.

> Antioxidantes de um modo geral, vitaminas, minerais, aminoácidos.

Existem ainda ativos específicos para determinadas finalidades, como clareadores dermatológicos de uso oral, redutores de aspecto de celulite, melhoradores de peso corporal, fortalecedores de unhas e cabelos. A lista é interminável!

A farmacêutica destaca ainda que nada acontece por milagre:

– Nada substitui uma alimentação saudável, boas noites de sono, ingestão de água, atividade física. Mas também não basta fazermos tudo isso e termos carências nutricionais. Os nutricosméticos podem e devem ser aliados a tais hábitos de vida! Outra questão muito importante é que a ingestão deve ser personalizada, pois é algo muito individual. Nem todo mundo precisa das mesmas coisas, nem nas mesmas doses; então não podemos decidir o que tomar, como tomar – completa.

É bom lembrar que para obter bons resultados é preciso uma avaliação nutricional e prescrição por profissionais. Afinal para os nutricosméticos funcionarem, eles precisam ser bem absorvidos pelo intestino. Então procure bons profissionais que atuem na área de saúde e estética.

Lidiane Amaral
Esteticista e empresária. Ao longo dos 15 anos que atua na área da estética e beleza, desenvolveu diversos tratamentos com o objetivo de trazer resultados satisfatórios e que ajudem a melhorar a autoestima da mulher. Com dedicação e trabalho se tornou uma profissional diferenciada e de referência na Grande Florianópolis. Atualmente conta com uma equipe altamente qualificada, que segue os métodos desenvolvidos, e que tem o propósito de proporcionar uma experiência de beleza única, com foco no resultando, respeitando sempre a individualidade de cada cliente.