“Obrigado, Satanás”, diz Christian Bale ao receber Globo de Ouro

Ator disse ter se inspirado no diabo para a interpretação de Dick Cheney, ex-vice-presidente dos Estados Unidos no longa "Vice"

Bale posa com Glenn Close (D), que venceu como melhor atriz em drama pelo longa "A Esposa" (Foto: Rachel Luna / AFP)

Após faturar o Globo de Ouro 2019 de melhor ator em filme de comédia ou musical pelo longa Vice, Christian Bale fez um agradecimento inusitado. Em seu discurso o ator agradeceu a Satanás e disse que se inspirou no diabo para compor seu personagem, o vice-presidente dos Estados Unidos de 2001 a 2009, Dick Cheney.

—Obrigado, Satanás, por me dar inspiração para interpretar esse papel — brincou.

Bale disse estar fadado a interpretar personagens sem graça e aproveitou para fazer uma sugestão ao diretor do filme, Adam McKay:

—O que acha do Mitch McConnell ser o próximo? —  McConnell é senador do Estado de  Kentucky  e líder do Partido Republicano, nos Estados Unidos.

Durante sua fala, o ator revelou como o diretor Adam McKay o convidou para o papel:

— Ele disse, preciso de alguém que não tenha absolutamente qualquer carisma e seja insultado por todos. Então ele pensou, precisa ser o Bale!

O protagonista fez agradecimentos sinceros à equipe de maquiagem pela transformação do seu personagem. Para interpretar Dick Cheney, Bale engordou 18 quilos e ficou praticamente irreconhecível.

 

Leia também:

Faustão cita “imbecil” ao comentar política e internautas relacionam fala a Bolsonaro