Florianópolis recebe o maior desfile de moda de SC nesta quarta-feira

Octa Fashion apresenta coleções de 33 estudantes de moda da Udesc

Coleção de Lísia Bragado para o Octa Fashion
Coleção de Lísia Bragado para o Octa Fashion (Foto: Pedro Bonacina/Divulgação)

O maior desfile de moda de Santa Catarina, que revela uma diversificada vitrine de talentos para o mercado fashion, está chegando. A oitava edição de Octa Fashion – Observatório de Culturas e Tendências Antecipadas, ocorre nesta quarta-feira, dia 28 de novembro, com início às 19h, no Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira, em Canasvieiras, Florianópolis.

Na passarela, os 33 alunos que estão na fase final do curso de Moda da Udesc irão mostrar suas criações inspiradas no tema “Deslocamentos”. O tema extrai a ideia de mudar de posição, ir de um lugar a outro, deslocar-se.

Em uma sociedade onde cada vez mais as mudanças acontecem, sejam elas sociais, econômicas ou culturais, a moda acompanha esse ritmo ditando tendências de como se vestir, contextualizadas nessa realidade. Pensando no que pode ser tendência no futuro, a partir da temática “Deslocamentos”, os alunos expressaram toda a criatividade nas coleções do Octa.

Alguns falaram sobre a desconstrução da imagem feminina feita pela sociedade, outros usaram contexto histórico e nomes que marcaram, uns abusaram do deslocamento geográfico, contemplando as condições climáticas, e teve também que utilizou os povos para criar moda.

Inspirada nessa temática e com a liberdade de explorar toda a sua criatividade, a formanda Lísia Bragado apresentou a coleção “Adylis”, que trata sobre a desordem de pensamentos imposta pela sociedade às mulheres. Para materializar o desconforto que há em ser mulher, a criação traz peças desconstruídas da alfaiataria em formas amplas, combinando tecidos e texturas distintos.

— A ideia foi exibir uma estética visual de estranhamento, tal qual é a sensação do questionamento sobre as reais vontades femininas. O ponto de partida da coleção foi o uso de elementos da camisa social, peça característica do guarda-roupa masculino, propondo uma reflexão acerca do vestir forçado à mulher — destaca Lísia.

Segundo a professora Amanda Queiroz Campos, que está à frente desta edição, é nas pesquisas que surgem as primeiras ideias.

— São muitos meses de trabalho, que incluem pesquisas culturais, de materiais, modelagens, desenhos e então a confecção das peças. Cada aluno criou três looks, que serão mostrados na passarela no dia do evento. Não somente as coleções desfiladas, bem como parte da organização do evento são partes integrantes do projeto político-pedagógico e desenvolvidas ao longo do curso. As práticas variadas possibilitam aos alunos um preparo muito mais holístico para o mercado de trabalho no amplo setor da moda.

O evento também mostra para o mundo fashion a diversidade de novos talentos que estão surgindo. Lui Larocheski, de 28 anos, apresentou no Octa Fashion 2014 a coleção ”Makumba”. Inspirado na transgressora obra Parangolés, do artista Hélio Oiticica, criou uma moda masculina vanguardista, que o impulsionou no mundo fashion.

Dali em diante conquistou o primeiro lugar do prêmio Designer Award em Viena, na Áustria, pelo voto popular. Com a própria marca, foi ao MQ Vienna Fashion Week.

— Essa experiência foi a mais interessante, pois o convite para o desfile fazia parte da minha residência artística no MuseumsQuartier. Na ocasião, morei por um mês nas dependências de um dos principais museus da Áustria, onde tive o contato com artistas de outras áreas e com toda a atmosfera cultural da cidade — destaca Lui.

Ele acrescenta:

— O Octa foi muito importante pra mim, me revelou para o mundo. Na passarela do Octa pude mostrar toda minha capacidade técnica e criativa. O Octa é o momento certo, um laboratório experimental, onde o estudante/formando pode mostrar que está pronto para o mercado e ao mesmo tempo revolucionar, mostrar toda a sua capacidade, ousar. Depois o mercado vai polindo o profissional, então a oportunidade é única, pra quem faz e pra quem assiste.

Serviço:

Octa Fashion 2018

Onde: Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira, em Canasvieiras – Florianópolis

Quando: Dia 28 de novembro

Horário: 19 horas

Valor: Entrada gratuita, mediante retirada de convite no departamento de Moda da Udesc.

Leia também:

A bola da vez: Mood esportivo toma conta do inverno europeu