Oktoberfest: conhecemos a mundialmente famosa festa de Munich, na Alemanha

Fotos Arquivo Pessoal

Para muitos, ir para a Oktoberfest está no bucket list, ou seja, você deve fazer ao menos uma vez na vida. Mais de 7 milhões de turistas viajam para este famoso festival, que toma conta de Munich por duas semanas, com desfiles, música ao vivo, comida típica, muita cerveja e até vinho. No Brasil também temos a nossa versão da festa, que ocorre todos os anos na cidade de Blumenau. Mas a festa na Alemanha, tem lá suas diferenças.

A primeira Oktoberfest foi celebrada no ano de 1810 em Munich, em comemoração ao casamento de um príncipe. A festa durou uma semana e terminou com uma corrida de cavalos. A comemoração foi tão boa, que resolveram que a festa deveria existir anualmente, nascendo então a Ocktoberfest (que começa na realidade em setembro, devido ao clima mais ameno).

Ao contrário da tradicional festa de Blumenau, onde se compra cerveja em todos os lados, em Munich existem 14 tendas grandes e 21 pequenas, onde só se pode comprar o líquido precioso se estiver sentado! Isso mesmo, você deve estar em uma mesa para pedir uma cerveja. Além disso, as reservas para mesas só podem ser feitas para grupos de 8 a 10 pessoas, no mínimo. As reservações devem ser feitas com quase um ano de antecedência.

Mas e se estivermos em menor número?

Bom, aí você escolhe a tenda que deseja tomar uma cervejinha, conversa com o pessoal que fez a reserva e pergunta se pode sentar na mesa deles. É exatamente assim que funciona. Este processo é fácil durante o dia e praticamente impossível nas noites e finais de semana. Note que a entrada na Oktoberfest é gratuita, independente de ter reservado mesa ou não.

Quando você acha uma mesa amigável, senta e ordena um “copinho” de 1 litro de cerveja, que custa mais ou menos 10 euros. Conseguimos ordenar duas vezes, na terceira, já pelas 6 horas da tarde, foi impossível encontrar um lugar para sentar e consequentemente ficamos sem o terceiro litro.

Quando se reserva a mesa existe um pedido mínimo por pessoa, que são 2 litros de cerveja + 1 wiesnhendl (meio frango grelhado) ou Brathendl (meio frango assado).
Ou seja, o pessoal leva a sério quando o negócio é comer e tomar cerveja. Gostam tanto de uma cervejinha, que a idade mínima para beber na Oktoberfest é 16 anos. Nos EUA, por exemplo, o mínimo é 21 anos. Então imaginem a felicidade dos adolescentes americanos por lá.

As cervejas servidas na Oktoberfest devem ser produzida em Munich e seguem critérios rígidos para se enquadrarem na designação “Cerveja Oktoberfest”. O néctar da Bavaria.

Se ainda tiver fome, pode pedir os tradicionais Pretzels ou salsichas. Destaque para a WeiBwurst, que são linguiças frescas, preparadas diariamente com carne de vitelo e bacon, temperadas com limão, cardamomo, salsinha e gengibre. O destaque da noite ficou para o pato assado com repolho roxo. Uma delícia!

Dicas curtir a festa sem problemas

Entre um pavilhão e outro é preciso ter cuidado e ir desviando das garçonetes.

Todo mundo dança nos bancos, como este pessoal aqui:

Agora, se você quiser dar uma de bonito e subir na mesa, os seguranças, que não são nada finos, vão arranca-lo de cima da mesa e você será literalmente jogado para fora do pavilhão.

Porém, não só de cerveja vive a Oktoberfest. Existe uma tenda que não vende nenhum típico de cerveja, apenas vinho, é a Weinzelt. As tendas de vinho fazem parte da Oktoberfest desde 1885, mas a atual abriu em 1984 e é uma das poucas tendas autorizadas a abrirem até as 00h30min. Os pavilhões de cerveja fecham em torno das 22h30min e antes das 23h está tudo fechado. Crianças podem frequentar as tendas sem problemas, porém menores de seis anos devem deixar o local antes das 20h.

No site muenchen.de, você pode acompanhar a ocupação dos pavilhões e verificar qual área está mais acessível e com maiores possibilidades de se encontrar um lugar. E aí, eles são organizados ou não?

Prost!

Leia mais:

Já pensou em dormir num barril, no meio de umas das mais famosas regiões vinícolas do mundo?

Bordeaux: você prefere Right Bank ou Left Bank? Qual a diferença?

Vinhos verdes de Portugal são os mais exportados depois do vinho do Porto