O cultivo de oliveiras é a grande novidade que vem de Rancho Queimado

Bruna Coppi,divulgação

O cultivo de oliveiras é a grande novidade que vem de Rancho Queimado. Lá, o casal Patrícia e Jester Macedo, donos da Quinta do Vienzo, sãos os únicos a produzir e processar azeite de oliva com fins comerciais no estado.

No final de março, foi feita a primeira colheita nas duas mil oliveiras, que renderam quase 2 mil kg. Esses, resultaram em 200 litros de azeite extra virgem.

Quinta do Vienzo, em Rancho Queimado. Foto Arquivo pessoal

Com investimentos para aumentar a produção, a expectativa é colher 50 toneladas de azeitonas e produzir 5 mil litros em 2030. O azeite extra virgem Quinta do Vienzo é extraído à frio, no mesmo local da colheita, o que resulta em excelente qualidade, com baixa acidez.

As principais variedades que estão sendo cultivadas no local são a arbequina, arbosana e a koroneiki. Vale lembrar que o Brasil importa 98% do azeite de oliva consumido no país.

Patrícia e Jester Macedo, donos da Quinta do Vienzo. Foto Arquivo pessoal

 

Leia mais:

Aprenda uma sobremesa de peras com azeite de oliva e outras dicas gastronômicas

Berbigão do Boca: Aprenda a fazer as receitas vencedoras do concurso gastronômico

Peixe na brasa e sobremesa com sorvete: aprenda duas receitas para os dias de calor