Veja os cuidados que os pais precisam ter na formação dos hábitos alimentares da crianças

Os pais são exemplos. Foto Em Família, divulgação

Você sabia que grande parte do que os seus filhos fazem foi aprendido por imitação ? E que não é diferente ao formar os hábitos alimentares? Pois é! O hábito alimentar infantil segue o exemplo do comportamento familiar frente à comida e a rotina com a alimentação.

E podemos te dizer que uma coisa é certa: Para um bom desenvolvimento e crescimento é necessário ter uma vida saudável, e para que isso aconteça, é importante que as crianças sejam incentivadas aos bons hábitos desde cedo, já que a influência da família na alimentação da criança ocorre desde a vida intrauterina.

Ao longo da gestação, a criança recebe pelo cordão umbilical os nutrientes ingeridos pela mãe e os aromas e sabores dos alimentos já são transmitidos pelo líquido amniótico. Durante o período de aleitamento materno, a transferência de nutrientes e sabores é feita a partir do leite materno e, na infância, por imitação das práticas e escolhas feitas pelos pais.

Na medida em que a criança vai crescendo, ela começa a ter interação sobre o cardápio da família, e é nesse momento que, se os pais não compartilharem das mesmas refeições, pode ocorrer a rejeição de alguns alimentos. Por isso, é importante que, sempre que possível, a refeição seja feita em família.

Isso porque essa reunião possui uma função que vai além da alimentação, pois transfere padrões culturais no ato de se alimentar, além de memórias afetivas que geram prazer pela comensalidade. Crianças pequenas aprenderão, por exemplo, a comer com garfo e faca, através da imitação dos pais e cuidadores.

Lembrem-se: Crianças precisam de rotina e essa rotina deve ser demonstrada pelos pais. Ela deve existir em todas as atividades que desempenham, seja na alimentação, estudo ou rotina do sono por exemplo. A criança que aprendeu a comer frutas e vegetais na introdução alimentar pode acabar deixando esses hábitos de lado quando os pais não seguem uma rotina de consumo desses alimentos. É nossa responsabilidade ajuda-los a manter os bons hábitos adquiridos na primeira infância.

Veja alguns comportamentos e cuidados que nós pais, precisamos ter, e que tem impacto significativo no hábito alimentar infantil:

  • Variar os alimentos, isso inclui os tipos de alimento, forma de preparo e apresentação dos mesmos
  • Manter uma rotina alimentar pré-definida, com planejamento das refeições
  • Comer sem interferências como televisão, celular e brinquedos
  • Não usar a comida como mecanismo de recompensa ou punição
  • Chamar as crianças para fazer as refeições junto com a família
  • Evitar falar em dieta, em perder peso, se pesar o tempo todo frente
  • Evitar restringir demais os alimentos, evitar proibições. Preocupe-se apenas em manter uma rotina alimentar saudável, sem ultraprocessados na casa.
  • Comer comida de verdade, seja preparada em casa ou comprada de um restaurante a quilo de sua confiança.
  • Leve seus filhos para a feira, e peça a sua ajuda na escolha das frutas e vegetais.
Leia mais:
Alimentação da mãe durante a gravidez ajuda a determinar o paladar e o olfato do bebê
Alimentação: saiba como fazer substituições inteligentes, práticas e saudáveis
Light, diet, integral, natural: cuidado com as armadilhas da alimentação