Fotógrafas publicam livro sobre a ostra em Florianópolis

Obra de Nilva Damian e Sandra Puente será lançada dia 10 de setembro na Fenaostra

ostra
Foto: Sandra Puente/Divulgação

A comunhão entre duas fotógrafas experientes, com mais de 20 anos de trabalho voltado para a publicidade e a arte, e uma das grandes vocações da Ilha de Santa Catarina, a ostreicultura, resultou no livro “Ostras Coisas do Mar”, que será lançado no dia 10 de setembro, às 20h, no estande da Fundação Franklin Cascaes da Festa Nacional da Ostra (Fenaostra). A obra de Nilva Damian e Sandra Puente foi viabilizada pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura e terá parte da edição distribuída no evento, que este ano acontece na praça Fernando Machado, centro de Florianópolis. Os demais exemplares irão para escolas, bibliotecas, instituições culturais e patrocinadores.

No dia seguinte ao lançamento, as autoras terão um encontro com maricultores, também na Fenaostra, quando farão a doação de 30 exemplares a homens e mulheres que vivem do mar e que ajudaram a transformar Florianópolis na maior produtora deste molusco do Brasil. O livro contém um histórico da produção de ostras na região, depoimentos de criadores e produtores, entrevistas com agentes públicos (da UFSC e da Epagri, por exemplo) cujas pesquisas viabilizaram a implantação e expansão da ostreicultura no Estado – e fotos, muitas fotos, que tornam a obra uma viagem por belos recantos, vilas e paisagens da Ilha de Santa Catarina.

Este é o primeiro livro que as duas fotógrafas publicam em conjunto, mas elas já realizaram as exposições “Linhas Poéticas”, apresentada no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis, e na Câmara de Vereadores de Caxias do Sul (RS), e “Reflexos do Passado”, mostra itinerante que homenageou os 270 anos da chegada dos açorianos a Santa Catarina, também apoiada pelo Fundo Municipal de Cultura de Florianópolis.

Nilva e Sandra se definem como “mulheres lutadoras, apaixonadas pela profissão e pelas coisas da Ilha”. No livro “Ostras Coisas do Mar” também aparecem mulheres, como Rita de Cássia Rodrigues e Gioconda Lessing Rosito, que apostaram na maricultura e foram pioneiras, junto com outros produtores, no desbravamento de uma atividade até então pouco valorizada na região.

— O livro é um meio de presentear a cidade, com suas paisagens e pessoas maravilhosas que merecem ser conhecidas — diz Nilva Damian.

Este é um trabalho mais autoral, mais próximo da arte, assim como foram as exposições, e mescla o domínio da técnica com o olhar de quem fotografa com o sentimento.

— Estamos num processo de amadurecimento pessoal e profissional importante, e demonstramos com o livro nossa gratidão à Ilha, que tanto nos deu e nos dá — reforça Sandra Puente.

 

Atuação profissional

Sandra Puente nasceu no Chile, cresceu em São Paulo e se formou em Design Gráfico pela Faculdade de Artes Plásticas da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP-SP). Fotógrafa profissional desde 1999, escolheu a fotografia como meio de trabalho e expressão. Reside desde 2001 em Santa Catarina, onde trabalhou como repórter fotográfico para o jornal “O Estado” e fotografou para as principais agências de propaganda e publicidade do Sul do país. Atualmente utiliza sua experiência e talento desenvolvendo fotografias em colaboração com profissionais de artes gráficas e design. Uma dessas parcerias resultou na publicação do livro “Bienal Brasileira de Design” – 2015, em parceria com o Centro de Design Catarina. Desde 2017 vem expondo seus trabalhos autorais fotográficos relacionados à cultura.

Nilva Damian é publicitária formada pela Faculdade Estácio de Sá e fotógrafa profissional desde 1995. Tem em seu portfólio fotos de gastronomia, arquitetura, produtos, moda, editoriais e fotos artísticas femininas.Trabalhou em fotojornalismo como free-lancer e tem trabalhos publicados em revistas de atualidades, educação, economia, moda e comportamento. Foi premiada na Maratona Fotográfica de Florianópolis e organizou concursos sobre a Lagoa da Conceição, onde manteve, por muitos, loja e estúdio.

Leia mais:

Juliana Hoffmann inaugura exposição “Sobre Viventes” em setembro

Arvo Festival: conheça sobre a mistura de sons do line-up da quarta edição

Exposição “O Cotidiano do Âmago por Bella Pedreschi” será inaugurada, nesta quarta, em Florianópolis