Ova de tainha: uma iguaria incrível e saborosa

Nesta época do ano, as tainhas que saíram do Mar Del Plata na Argentina e na Lagoa dos Patos no Rio grande do Sul, começam a fazer a sua viagem anual em direção ao norte. Quando a temperatura cai bruscamente, elas encostam em busca de águas mais quentes, fazendo a festa dos pescadores que ficam de plantão para observar a sua chegada. Além da sua carne saborosa, elas nos presenteiam com a sua preciosa ova, uma iguaria de sabor único e incomparável.

Elas ficam ótimas fritas, mas, em casa, preparo no forno aquecido a 220 graus, untando uma forma, colocando a ova no centro e fazendo um corte de fora a fora, onde coloco manteiga e sal para enriquecer ainda mais o seu sabor. Quando ela começar a ficar dourada, está no ponto. Sirva com limão e bom apetite!