Pai de Gabriel Diniz afirma ter pressentido que algo ruim aconteceria ao filho

gabriel diniz
Foto: Reprodução/Instagram

“Eu falo para os fãs que não se sintam tristes porque Gabriel é para mim a maior representatividade da alegria e eu não me incomodo que as pessoas se manifestem com alegria nesse momento”, diz José Diniz, pai do cantor Gabriel Diniz.

O corpo do músico está sendo velado na manhã desta terça-feira (28), no ginásio O Ronaldão, no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa, na Paraíba. Centenas de fãs formaram filas no lado de fora e dentro do ginásio para acompanhar o último adeus ao cantor que ficou conhecido pelo hit que movimentou o Carnaval 2019, “Jennifer”.

Leia também: Universal Music Brasil se solidariza com a família e amigos do cantor Gabriel Diniz

 

Ver essa foto no Instagram

 

Realmente vc è uma homem forte!!! Te amo caba bom!!! Feliz dias dos pais @cizinato_diniz que Deus nos abençoe sempre!!!

Uma publicação compartilhada por Gabriel Diniz (@gabrieldiniz) em

O pai do cantor revelou que pressentiu que algo ruim iria acontecer quando o filho disse que teria fretado um voo. “Ele disse: ‘Painho, eu ia de carro, mas vai gastar muito tempo e aí a gente contatou uma empresa aqui. Eu fechei um voo que vai comigo. Vou de carro até Feira de Santana. Vou ao médico e depois a gente vai se encontrar aí’. Quando ele falou isso, eu confesso que senti que isso iria acontecer. Eu senti e não tive coragem de falar isso para ele ou para alguém porque ele é muito forte. Ele ia dizer: ‘Não painho. Isso é brincadeira. Isso não existe”, relatou José Diniz.

Ainda segundo o pai do músico, Gabriel estava se preparando para se casar com a psicóloga Karoline Calheiros. “Eles estavam construindo uma casa”, frisou José Diniz. Em todo momento que falou com a imprensa, o pai do cantor demonstrou força diante de uma perda trágica e precoce.

 

Ver essa foto no Instagram

 

#TBT 🏰❤

Uma publicação compartilhada por Gabriel Diniz (@gabrieldiniz) em

Desde que o corpo chegou no ginásio, a namorada permanece ao lado dele. Um dos amigos de GD, como também era conhecido o músico, Ramon Schnayder, disse que os dois tinham agendado um encontro para esta quarta-feira (29), mas infelizmente não irá acontecer.

Leia também: Conheça a história de Jenifer: catarinense que compôs o hit fala sobre a música

“Mas acredito que um dia esse encontro ainda vai acontecer…”, falou muito emocionado. Destacou que os dois sempre se encontravam para compartilhar os bons momentos e revelou que GD não gostava de tristeza. “Ele era um cara pra cima”, comentou.

Centenas de fãs passam nesta manhã pelo corredor móvel instalado pela organização do funeral e do Governo do Estado que cedeu o espaço para as despedidas dos fãs. Algumas pessoas passaram mais de uma vez. Outros decidiram por ficar na arquibancada do ginásio que tem capacidade para 5 mil, mas nem todas estavam ocupadas.

Muitos deles passaram chorando como a auxiliar administrativa Bianca Alves, 23. “Moro aqui perto e não poderia deixar de dá o último adeus. É uma perda muito grande para a Paraíba. Eu adorava ver os stories dele. Ele sempre foi muito atencioso com os fãs. Vai deixar muitas saudades”, falou emocionada.

O secretário de Esportes da Paraíba, Hervázio Bezerra confirmou que a missa de corpo presente acontecerá às 15h e o sepultamento está programado para às 16h, no cemitério particular Parque das Acácias, no bairro José Américo, na Capital paraibana.

A tragédia

Gabriel Diniz morreu em um acidente aéreo na cidade de Estância, na região de manguezal do Porto do Mato, perto da divisa entre Sergipe e Bahia nesta segunda-feira (27). O corpo dele chegou a Paraíba às 4h desta terça-feira (28), em João Pessoa. Inicialmente, o velório foi reservado para amigos e familiares do músico. Por volta das 8h, os fãs e o público em geral teve acesso ao ginásio O Ronaldão.

O músico nasceu em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, mas desde os 2 anos de idade morava na cidade de João Pessoa. Por onde andava, Gabriel Diniz carregava o nome da Paraíba por onde passava. No dia 1° de abril deste ano ele recebeu da Assembleia Legislativa da Paraíba o título de cidadão paraibano.

Emocionado, Diniz fez um vídeo mostrando a alegria de se tornar um verdadeiro paraibano. Na época gravou um vídeo dizendo: “É minha Paraíba… Terra de encantos e sonhos. Terra onde pude conhecer e me apaixonar desde pequeno. Hoje realizei um dos meus sonhos, que era me tornar um verdadeiro cidadão paraibano. Terra que tenho tanto carinho. Agora, posso gritar e dizer que meu sangue é nordestino”.

Na escola onde estudou, a Pedro Calmom, que fica no bairro do Cristo Redentor, a direção decretou luto e as atividades desta terça-feira (28) foram suspensas. Diniz chegou a cursar quatro períodos de Engenharia Elétrica, na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), mas desistiu porque a música movia o artista que passou por quatro bandas antes de enfrentar a carreira solo.