Participante do “BBB 19” revela por que foi desclassificado: “Fiquei triste e decepcionado”

Nova edição do programa, que será comandado pelo apresentador Tiago Leifert pela terceira vez, estreia na próxima terça-feira e pagará R$ 1,5 milhão ao vencedor

Fábio era um dos participantes da 19ª edição do Big Brother Brasil (Foto: Reprodução / TV Globo)

Após anunciar a lista de integrantes da nova edição do reality na última quarta-feira (9), a Globo informou no sábado (12) que o participante Fábio Alano, 27 anos, estaria fora da competição. O gaúcho se pronunciou pelos stories do seu perfil no Instagram, por volta das 17h desta segunda-feira (14), e confirmou que a saída ocorreu por conta de trâmites relacionados ao patrocinador de sua carreira como atleta.

— Eu tinha um contrato vigente que eu não acabei comunicando a emissora, porque foi tudo em cima da hora, com muita intensidade, muita informação chegando. Só que [a emissora] acabou percebendo que isso violava as cláusulas contratuais do programa, e isso infelizmente gerou a minha eliminação.

O lutador de jiu-jitsu continuou o discurso dizendo que já está pensando em seus próximos campeonatos, mesmo tendo que lidar com a decepção de ter sido eliminado:

— Eu não vou mentir que fiquei triste e decepcionado por não ter continuado no programa, porque eu realmente achava que podia chegar nas finais, mas bola pra frente, vida que segue – que é o jiu-jitsu. Semana que vem já tem campeonato, tenho que focar nos meus treinos.

Além disso, o esportista pediu cautela dos usuários nas redes sociais a respeito dos boatos sobre a sua saída:

— Tem muita especulação, tem muita gente dizendo muita coisa, quero dizer que minha patrocinadora atual não tem culpa nenhuma e foram as pessoas que mais me ajudaram em todo esse processo – começo, meio e fim. Só tenho que agradecer esta oportunidade que foi me dada e vamos lá, vamos focar e dominar o mundo. “Tamo junto” — finaliza.

Desclassificação

No último sábado, o site Notícias da TV, ligado ao portal UOL, apurou que uma cláusula que impede os participantes do Big Brother Brasil de terem suas imagens ligadas a marcas teria sido o motivo da eliminação do gaúcho do programa. Fábio não teria informado à emissora que era patrocinado por uma marca de roupas de ginástica. Embora ele não carregasse roupas logotipadas para o confinamento, a emissora teria entendido que o patrocínio poderia produzir propaganda indireta à marca.

No perfil de Fábio Alano no Instagram (@fkamikase) constam algumas fotos com hashtags ou marcações da marca fitness Oden Athletics, como nesta postagem. Já no perfil da marca (@oden_athletics), Fabio Alano aparece em diversas publicações, como esta. Nas publicações da marca, o suposto motivo da eliminação já repercute.

Após desclassificar o gaúcho, a Globo se limitou, em um comunicado, a dizer que “tomou conhecimento de fatos relacionados ao participante avaliados como inadequados ao perfil dos competidores do BBB conforme o regulamento do programa”.

O reality show, que será comandado pelo apresentador Tiago Leifert pela terceira vez, estreia na terça-feira (15) e pagará R$ 1,5 milhão ao vencedor. Nesta edição, serão oito “brothers” do Sudeste, cinco do Nordeste, dois do Sul, um do Norte e um do Centro-Oeste.

Leia também: 

BBB 19: após acusação de racismo, tuítes do catarinense Alan Possamai são excluídos

Nascido em Rio Negrinho, Santa Catarina, Diego é um dos participantes do BBB 19