Pastor pede desculpas por tocar seio de Ariana Grande em funeral

"Talvez eu tenha cruzado a fronteira", afirmou Charles Ellis

Cena ocorreu em funeral da rainha do soul Aretha Franklin. Foto: SCOTT OLSON / GETTY IMAGES NORTH AMERICA

Após repercussão nas redes sociais, o pastor Charles Ellis pediu desculpas à cantora Ariana Grande pela forma como a tocou no palco em um funeral em homenagem a Aretha Franklin.

Ariana foi uma das convidadas a cantar na cerimônia, realizada nesta sexta-feira, no Greater Grace Temple, em Detroit, nos Estados Unidos. Depois da apresentação da música You Make Me Feel Like, Charles H. Ellis, responsável pela cerimônia, abraçou Ariana de um modo que causou indignação nos fãs.

Seguidores da cantora consideraram a postura de Ellis “nojenta” e avaliaram o gesto como um “assédio”. A hashtag #RespectAriana chegou a ficar nos trending topics do Twitter em diferentes países.

– Nunca foi minha intenção tocar o seio de qualquer mulher… Não sei, acho que coloquei meu braço em volta dela – disse Ellis, em uma entrevista à Associated Press nesta sexta-feira. – Talvez tenha cruzado a fronteira, talvez eu tenha sido muito amigável ou familiar, mas, novamente, peço desculpas.