Maior festival de patchwork do Estado começa nesta quarta em Florianópolis

Floripa Quilt tem como objetivo promover o intercâmbio de técnicas da arte em tecido e tem a participação de artesãs de todo o país

Foto Facebook Reprodução

A 8ª edição do maior festival de patchwork de Santa Catarina, o Floripa Quilt 2019, começa nesta quarta-feira, dia 1º de maio, na Associação Catarinense de Medicina (ACM), em Florianópolis. O evento, que segue até dia 4 deste mês, tem uma extensa programação que inclui cursos, oficinas, concursos e muitos expositores.

A programação do festival tem o objetivo de promover o intercâmbio de técnicas da arte em tecido, com a participação de convidados de renome nacional. Assim, valorizando o trabalho manual e inovando com a inserção de valores culturais regionais no universo do patchwork.

Assim como nas edições anteriores, o público em geral poderá visitar os estandes, adquirir produtos, realizar cursos, além de acompanhar diversas exposições. O evento acontece das 13h às 19h, de quarta a sexta-feira, e das 10h às 17h no sábado. A entrada custa R$ 14 por dia (inteira) e R$ 7 (meia).

Mostra “Anjos da Missão Brumadinho” 

Este ano, a edição do Floripa Quilt terá uma mostra especial. Intitulada “Anjos da Missão Brumadinho” a exposição terá 11 Quilts (uma técnica em Patchwork), confeccionada por nove artesãs do Canadá, Portugal, Porto Alegre, Manaus, São Paulo e Criciúma. A turma é capitaneada pela artista têxtil internacional Ana Paula Brasil, que atualmente mora no Canadá.

8ª edição do Floripa Quilt terá mostra em homenagem aos bombeiros

Confira os premiados da edição 2019:

Melhor Quilt da Exposição:

  1. Adriana Sleutjes, quiltado por ela

Estreante
1. Ana Flávia Castelan, quiltado por ela
2. Tere Cardoso, quiltado por ela
3. Valéria Barbosa, quiltado por ela
.
Miniatura
1. Denise de Medeiros Villela Boechat, quiltado por Isabel Cristina Bonatti
2. Veronica Abad, quiltado por ela
3. Lia Rejani Strohm Goethe, quiltado por ela

Painel Figurativo
1. Marta Garske, quiltado por Rosani Ganc
2. Gláucia Maria Nascimento Campelo, quiltado por ela
3. Ana Lucia C. A. Souza, quiltado por Nana by Nana

Tradicional Grande
1. Elisabete May e Silva Borges, quiltado por Deise Müller
2. Marise Cunha, quiltado por Sônia Padaratz
3. Graziella Cristina Jaspers de Oliveira

Painel Tradicional
1. Sandra Regina Petersen Callegari, quiltado por Rosani Ganc
2. Eliamara Ávila Apolinário, quiltado por Sonia Padaratz
3. Marta Garske, quiltado por Rosani Ganc

Painel Artístico 

1. Eva Malinowski, quiltado por ela
2. Maise Marcos Furlin, quiltado por Fábia Diniz
3. Carolina Oneto Tapia, quiltado por ela

A cerimônia de premiação será realizada nesta quarta-feira, 1° de maio, às 18h30min, no Floripa Quilt.

O que é o patchwork?

Foto Divulgação

Patchwork, é o trabalho com retalhos de tecido, nos quais podem ser aplicadas diferentes técnicas, como a do quilt (que dá nome ao evento), que envolve o uso de fibra e tecido na confecção de acolchoados.

Além das inúmeras possibilidades de geração de emprego e renda com a venda de produtos artesanais, matéria-prima e cursos, o patchwork também é uma excelente terapia ocupacional, indicada por muitos médicos para o tratamento de patologias como o estresse e a depressão.

Serviço

  • O quê: Floripa Quilt – Festival de Patchwork
  • Quando: 1º a 3/5 das 13h às 19h e 4/5 das 10h às 17h
  • Onde: ACM – Associação Catarinense de Medicina – Rod. José Carlos Daux, 3854 – Saco Grande, Florianópolis
  • Quanto: R$ 14 inteira e R$7 a meia entrada
Mais:
Evento gratuito em Florianópolis conta história dos Beatles
Segunda temporada de “O Mecanismo” entra no catálogo da Netflix em maio
Folianópolis 2019 já tem data e a primeira atração confirmadas