Por que menstruação causa dor de cabeça?

Incômodo faz parte da TPM, resultado da queda dos hormônios progesterona e estrógeno

Foto: Jim Hendew / Morguefile

POR CRIS LOPES 

Só quem é mulher sabe de verdade como os dias que antecedem a menstruação são complicados. Não bastasse cólica, inchaço nas mamas, aumento de apetite e, por vezes, vontade de sumir e chorar, ainda desponta uma incômoda dor de cabeça. Todos esses sintomas que acompanham muitas mulheres mensalmente fazem parte da síndrome da pré-menstrual, também conhecida como tensão pré-menstrual (TPM).

As mudanças ocorrem quando as taxas dos hormônios estrógeno e progesterona caem dias antes do início do ciclo menstrual. O estrógeno é responsável por regular os níveis de serotonina, o hormônio do bem-estar – quando um cai, o outro diminui também. Como resultado, há um aumento de uma substância no corpo que provoca a vasodilatação, chamada de substância P. E são justamente os vasos dilatados que causam a dor de cabeça.

— Também fazem parte desse período pré-menstrual cólicas, dores na mama, aumento de apetite e alteração de humor. Assim que o ciclo inicia, o incômodo termina. Agora, se a dor é durante a menstruação, os motivos são alheios à síndrome pré-menstrual — afirma a ginecologista Maria Celeste Osório Wender, vice presidente da Região Sul da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo).

Conforme Maria Celeste, uma das possibilidades de amenizar o problema é usar analgésico e anti-inflamatório. Outra saída é a pílula contínua para não passar pela queda de hormônios, motivo da TPM.

— Independentemente do uso de anticoncepcional com interrupções, a mulher pode apresentar a síndrome pré-menstrual, pois as taxas hormonais caem. A praticidade dos comprimidos sem interrupção, o que mantém os hormônios estáveis, já tem muitas adeptas — completa.

Cerca de 60% das mulheres com TPM têm dor de cabeça, afirma a professora de medicina da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), Carolina Oderich, em sua tese de doutorado na UFRGS. Os dados indicam que, para 14% dessas mulheres, o incômodo irá evoluir para enxaqueca ou dores mais intensas a partir dos 20 anos

— Quem já tem enxaqueca, no período menstrual pode exacerbar. Outras mulheres podem tê-la somente durante os sintomas pré-menstruais, enquanto outras não têm nenhum desconforto — destaca.

Leia também: 

Emoji de menstruação busca quebrar tabu sobre o assunto

Menstruação: entenda o ciclo e veja dicas para aliviar cólicas e TPM

DIU: dói para colocar? A menstruação acaba? Quanto tempo dura? Tire todas as suas dúvidas