Príncipe George brinca com arma falsa em evento e gera críticas na web

George
Foto: Richard Pohle / STF

O pequeno George, filho de William e Kate e herdeiro do trono britânico, sempre atrai as atenções por conta da fofura e simpatia. Mas durante um evento que reuniu parte da família real, sua imagem brincando com uma arma de brinquedo causaram estranheza e críticas de internautas. O menino de 4 anos e a irmã, Charlotte, de 3, foram fotografados ao lado da mãe, a duquesa Kate Middleton, durante uma partida de polo do pai, príncipe William, em uma festividade de caridade neste domingo.

Muitos tweets de usuários desaprovaram as brincadeiras, sobretudo em um momento em que se discute segurança pública, violência e terrorismo ao redor do mundo. No entanto, muitas pessoas classificaram o ato como um momento de diversão do garoto “sem maldade”.


Piers Morgan, polêmico apresentador britânico, compartilhou as imagens e disse se tratar de um “efeito Sterling” — referência à controvérsia gerada pela tatuagem de fuzil do atacante inglês Raheem Sterling.

“Esta foi a única coisa decepcionante sobre as fotos do jogo de polo. Eu realmente não entendo armas como brinquedo, por que brincar com coisas que você nunca deveria usar. Kate não deveria ser culpada sobre isso, já que não sabemos de quem é o brinquedo, mas alguém deve dizer que isto não é ok”, comentou um usuário.

“Isto não é ok, diz meu lado americano, afetado talvez pela violência armada de todos os dias nos Estados Unidos. Mas o meu lado britânico concorda. Nenhuma criança nesta idade deveria olhar para uma arma como um brinquedo divertido”, destacou outro internauta.

Em uma das fotos delas, o menino mira o cano da arma em direção ao queixo da mãe. Em outras ocasiões, Goerge já demonstrou seu interesse pela polícia britânica.

Leia mais:

Babá da família real luta arte marcial e tem treino antipaparazzi
Charlotte faz três anos! Vem ver os melhores momentos da princesinha
Galeria! Looks de Kate Middleton para inspirar grávidas