Projeto itinerante leva atrações culturais de Santa Catarina a Pernambuco

As palhaças Asmeline e Poulain. Foto Conexão Cultural Tigre/ICRH, divulgação

Junho é o mês de estreia de mais uma edição do projeto de formação de plateia e democratização da cultura Conexão Cultural Tigre/ICRH. Através de apresentações teatrais e sessões de cinema gratuitas, a iniciativa pretende conscientizar o público sobre a importância da preservação da água.

O primeiro destino será Joinville, onde a atração permanece de 10 a 12 de junho. Na sequência, a estrutura móvel, com capacidade para receber 32 espectadores por sessão, vai passar por mais quatro cidades: Campo Alegre (SC), Castro (PR), Marechal Deodoro (AL) e Escada (PE).

A companhia Trip Teatro, com o espetáculo “As Palhaças Aquáticas em: Cadê a Água?”, será responsável pelas 45 apresentações teatrais programadas para essa edição. De forma divertida e emocionante, as palhaças Asmeline e Poulain mostram para o público que a água é o maior bem do nosso planeta e ensinam como preservar e cuidar desse recurso.

O projeto, que teve início em 2008, já levou cultura, arte e diversão para sete estados brasileiros. Em dez anos consecutivos, foram mais de 1,2 mil apresentações artísticas com a participação de 65 companhias teatrais e mais de 830 mil pessoas alcançadas direta ou indiretamente.

O Conexão Cultural, aprovado pela Lei de Incentivo à Cultura, é realizado pelo Ministério da Cidadania e Magma Cultura. Conta com patrocínio da Tigre e Instituto Carlos Roberto Hansen (ICRH).

Roteiro

10 a 12 de junho: Joinville (SC) – Local: CEU Aventureiro

13 e 14 de junho: Campo Alegre (SC) – Local: Calçadão da Cascatinha

17 a 19 de junho: Castro (PR)

24 e 25 de junho: Marechal Deodoro (AL)

26 a 28 de junho: Escada (PE)

As Palhaças Aquáticas em… Cadê a Água? – Cia Trip Teatro (Rio do Sul)

As palhaças Asmeline e Poulain. Foto Conexão Cultural Tigre/ICRH, divulgação

A maior competição aquática do mundo vai começar! As palhaças Asmeline e Poulain estão prontas para dar um show em sua incrível piscina! Mas bem na hora do “tchibum”… Cadê a água? O que aconteceu com o maior bem do nosso planeta? Entre risos e aventuras, emoções e descobertas, você terá a oportunidade de aprender com essas fantásticas palhaças aquáticas como preservar e cuidar da nossa água e garantir que o show não pare!

Foto Divulgação

Filmes

Por água abaixo (livre)

Rango (livre)

Forma da Água (16 anos)

Leia mais:
O lado B do diretor geral da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil
Espetáculo “Reverb – Poesia e Música” circula por Santa Catarina neste mês de junho