“BBB 19”: quem é Paula e qual foi sua trajetória no reality show

Mineira foi alvo de polêmicas nas redes sociais e está envolvida na briga que levou à eliminação de Hariany

Paula tem uma porca de estimação de 150 quilos. Foto: Victor Pollak / TV Globo/Divulgação

POR JÚLIO BOLL

Natural de Lagoa Santa (MG), Paula é bacharel em Direito e tem 28 anos. No vídeo de apresentação do programa, a mineira se classificava como “muito fofa” e chamou a atenção desde o começo por um detalhe: ela tem uma porca Felipa, de 150 quilos, seu “bicho de estimação”.

— Quando ela (a porca) escuta minha voz, é um som de felicidade. Todo mundo tem medo dela! Eu tenho medo dela sentir saudade, ela é muito apegada a mim. Tomara que não se esqueça da mãe — disse Paula, na época.

Trajetória

Pode ser considerada a participante mais sincera e “sem filtros” desta edição do reality show. Em qualquer conversa dentro do BBB 19, Paula tinha uma opinião para dar – positiva ou negativa.

Também foi chamada de racista nas redes sociais. Ao longo do programa, Paula conquistou fãs na internet por falar o que realmente pensa. Consequentemente, encarou vários paredões. Na última quinta-feira (11), foi questionada por diversos internautas por sua postura diante da briga com Hariany. A discussão levou à eliminação da goiana, mesmo sendo sua melhor amiga.

Além de declarações tidas como racistas, a sister também está sendo alvo de uma investigação por intolerância religiosa. Durante uma das festas, ela disse que tinha medo de Rodrigo por ele “se misturar com esse negócio de Oxum” e que “nosso Deus é maior”. A situação levou à uma denúncia registrada na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), no Rio de Janeiro. Logo após deixar o programa, ela terá que dar um depoimento na polícia, para dar continuidade à investigação.

Pontos positivos e negativos

Ponto a favor: autêntica. Mesmo com algumas frases polêmicas e desinformadas, a mineira chamou atenção por ser muito transparente no jogo – falou o que pensa na frente de seus oponentes. Causou discussões, o que agradou o público.

Ponto contra: polêmica. A participante já disse várias frases que foram consideradas racistas e de intolerância religiosa pelo público. Além disso, as outras torcidas de participantes já eliminados se uniram contra ela, o que pode deixar a final acirrada.

Leia também: 

“BBB 19”: enquetes apontam quem será o campeão do reality show

“BBB 19”: quem é Alan e qual foi sua trajetória no reality show

Mãe do catarinense Alan, finalista do BBB19, fala sobre filho no jogo: “Orgulho”